Menino de 6 anos é um dos melhores xadrezistas brasileiros - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é
PrefSSA

sábado, julho 10, 2021

Menino de 6 anos é um dos melhores xadrezistas brasileiros



Um xadrezistas que já marcou presença em sua categoria!


Um menino se tornou um verdadeiro destaque no 1º Campeonato Brasileiro de Dente de Leite (Sub-06), que aconteceu nesse último final de semana e chegou a durar quatro dias.

A disputa que aconteceu de forma online chegou a contar com oito participantes enxadristas que são de várias cidades do nosso país e que marcaram presença em 7 partidas.

Entre eles, um garotinho em específico chegou a chamar a atenção de todos por ser super dotado com apenas 6 anos. E claro, como amamos uma criança e esforçada, não poderíamos deixar de falar sobre ele.

Romeu chegou a vencer cinco partidas e teve um resultado impressionante que acabou lhe garantindo uma vaga no pan-americano que ocorrerão, além da forma online, em diversos lugares do país.

Quando chega a falar sobre a habilidade impressionante que o Rome tem, sua mãe, a empresária Rachel Gutvilen, disse que a esperteza que ele tem foi percebida ainda quando ele era um bebê.

Notando que ele tinha uma grande facilidade para lidar com números, chegou a ouvir um professor quando lhe disse para estimular o jogo de xadrez ainda com a idade de um ano.

O incentivo sobre o seu talento

Reconhecendo que poderia ser um caminho muito importante a vida do pequeno Romeu, Rachel chegou a incentivar e orientar o seu garotinho em outras atividades que desenvolvesse seu talento.

Com menos de dois anos, o garoto conseguia demonstrar uma grande facilidade em compreender as letras. E antes de comemorar os quatro aninhos, ele já sabia ler. 

E contou mais:

“Busquei orientação com uma neuropsicóloga infantil e um professor. Mesmo com um QI elevado e com a capacidade de processar as informações de forma muito rápida, Romeu é uma criança de 6 anos: brinca, faz birra, pratica esporte”.

Foi com apenas 5 anos que ele aprendeu a jogar xadrez e ao completar 6, acabou mostrando que pode ter um domínio que até muitos adultos não conseguem ter e que foi capaz de vencer a competição, se tornando um dos melhores na modalidade infantil.

Reconhecendo como é importante apoiar e mostrar novos caminhos, Rachel se orgulha ao dizer que seu menino além de possuir conhecimentos avançados, ele consegue demostrar isso na prática:

“Adora matemática e tem uma facilidade absurda para fazer contas: faz equação de 2º grau usando a fórmula de Bhaskara. Romeu é uma criança normal e feliz de 6 anos”.

Nessa nova fase, o que pensam é apenas continuar com as vitórias e alcançar novos rumos com o campeonato: “Agora, precisamos trabalhar mais tática, estratégia de jogo, equilíbrio emocional, a ansiedade e melhorar a concentração”.



Foto :::: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

NE-Sem fome
-->