SP AGORA 🇧🇷 Bolsonaro tem alta após 5 dias internado 🇧🇷 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

domingo, julho 18, 2021

SP AGORA 🇧🇷 Bolsonaro tem alta após 5 dias internado 🇧🇷



De acordo com boletim divulgado pela assessoria do hospital, ele seguirá com acompanhamento ambulatorial da equipe médica assistente.


O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta médica neste domingo, 18, no quinto dia de internação. Ele tratava um quadro de obstrução intestinal no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, e vinha apresentando melhora gradativa desde a última quinta-feira. A informação é de um boletim divulgado pela assessoria de comunicação do hospital às 9h30.

No momento, o presidente ainda está dentro do hospital, mas deve deixar o local nas próximas horas. Há uma grande movimentação de agentes da Polícia Federal e da segurança da Presidência para organizar a saída do hospital.

Ainda de acordo com a nota divulgada pela assessoria, Bolsonaro seguirá com acompanhamento ambulatorial da equipe médica assistente.

O médico-cirurgião Antonio Luiz Macedo, que acompanha o presidente desde 2018, quando foi vítima de um ataque a faca, já havia adiantado a previsão da alta na tarde de ontem, ao chegar no hospital. "O sistema digestivo de Bolsonaro está funcionando, já há passagem de alimentos, e está sem obstruções", informou.

Bolsonaro foi internado na última quarta-feira, 14, após sentir fortes dores na região do abdômen. Ele também se queixava de crises de soluço há pelo menos dez dias. De acordo com diagnóstico médico, ele sofreu uma obstrução no tubo digestivo por causa de dobra do intestino, o que impedia a passagem adequada de alimentos.

Em entrevista ao Estadão, o médico-cirurgião explicou que o quadro é "potencialmente grave", mas que a situação de Bolsonaro foi controlada rapidamente. O presidente foi transferido de Brasília para São Paulo para que o médico pudesse acompanhá-lo de perto, além da maior oferta de recursos para o tratamento. Uma nova cirurgia, porém, foi logo descartada pela equipe. "Novas cirurgias abririam espaço para novas obstruções", afirmou Macedo.

O processo de recuperação do presidente, no entanto, deve avançar cuidadosamente nos próximos dias. A equipe médica ainda irá definir a progressão da alimentação do presidente: a dieta deve passar de cremosa (consumida com colher) para pastosa (consumida com garfo), sem incluir alimentos fermentativos, que formam gases.

Uma sonda neogástrica foi utilizada no presidente para levar alimentos e hidratação diretamente ao estômago. Ela foi retirada na quinta-feira, e desde então a alimentação via oral tem sido reintroduzida na rotina de Bolsonaro.

Macedo afirmou também que outras recomendações a Bolsonaro incluam mastigar bem a comida, fazer refeições leves e praticar exercícios regularmente, como caminhadas.

Também segundo o médico, a depender da avaliação da equipe, Bolsonaro estaria apto para voltar ao trabalho amanhã.

Foto: Reprodução/Bolsonaro/AFP / Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->