Vitória e Brasil-RS fazem confronto direto dentro da zona da degola - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sábado, julho 17, 2021

Vitória e Brasil-RS fazem confronto direto dentro da zona da degola




Neste sábado, 17, às 11h, o Vitória visita o Brasil-RS, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. A partida é válida pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e representa um confronto direto entre dois times que estão na zona de rebaixamento da competição nacional. O Leão é o 17º colocado, com nove pontos. Um a mais que o Xavante, atualmente na 19ª posição.


A reunião entre dois representantes do Z-4 coloca frente a frente também equipes que estão em meio a longos jejuns de vitórias na Série B do Brasileiro. Tanto o Rubro-Negro baiano quanto o gaúcho não vencem há seis rodadas na competição. Eles são, atualmente, os times há mais tempo à procura de triunfos.

Os triunfos, por sinal, têm sido raros para Vitória e Brasil de Pelotas na Segundona. Ambos venceram apenas uma vez em 11 rodadas disputadas até agora. Os números, para o Xavante, representam o pior início de Série B da equipe. Para o Leão, esta é a segunda pior largada na competição, à frente apenas de 2019, quando tinha sete pontos nesta altura da competição.

A má fase dentro de campo não passou despercebida pelos torcedores do Vitória. Na última quinta-feira, antes do embarque do time, um grupo protestou no aeroporto. Imagens mostraram o técnico Ramon Menezes cercado por pessoas que estavam na manifestação. Na sexta, depois do último treino, o Reizinho criticou a atitude da torcida.

“Eu acho que a manifestação é válida quando tem jogo no estádio; o torcedor tem o direito de cobrar e pressionar. Agora, uma manifestação como aquela, você agredir com palavras e qualquer tipo de agressão, eu sou completamente contra”, disse Ramon.

Ainda na entrevista coletiva, o técnico do Leão reconheceu a fase ruim do time, mas, mesmo sem conseguir triunfos na Série B há quase um mês, Ramon voltou a falar que tem visto sinais de evolução na equipe durante o período. A última vitória rubro-negra na Segunda Divisão foi dia 19 de junho, contra o Brusque.

“A gente sabe do momento que o clube se encontra, do momento que nos encontramos na competição. Eu tenho um mês no comando da equipe. Estou sentindo que, mesmo sem os resultados, estamos evoluindo em campo”, avaliou o técnico do Vitória.

Das 11 rodadas já finalizadas, o Leão terminou quatro delas na zona de rebaixamento. O Brasil de Pelotas ficou por lá ainda mais tempo: sete rodadas. Ao fim do jogo deste sábado, apenas um deles vai poder respirar aliviado fora do grupo dos quatro últimos colocados.

Zaga desfalcada

Para a partida desta noite, Ramon Menezes não vai contar com o zagueiro Wallace Reis, capitão e líder do elenco. O jogador deixou o campo com dores musculares na última partida e, apesar de não ter sofrido uma lesão, vai precisar ser preservado. Além dele, a zaga também não terá Marcelo Alves, suspenso.

Marcelo começou no banco de reservas as últimas três partidas do Vitória, mas na maior parte dos jogos disputados da Série B até aqui, ele formou a dupla titular ao lado de Wallace. Neste sábado, sem os dois principais nomes do setor, Ramon deve escalar João Victor e Thalisson Kelven como titulares contra o Brasil de Pelotas. A terceira opção é Mateus Moraes.

No meio de campo, o treinador volta a contar com Pablo Siles, nome frequente nas escalações do Reizinho, mas que desfalcou o time na última rodada por cumprir suspensão automática. E no ataque, a tendência é que o Leão siga com David e Dinei. A dupla, inclusive, balançou as redes no empate em 2 a 2 com o Sampaio Corrêa, na última terça-feira.

BRASIL DE PELOTAS X VITÓRIA - 12ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE B

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), às 11h

Árbitro: Leonilson Fernandes Trigueiro Filho (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Lorival Cândido das Flores (ambos do RN)

Brasil de Pelotas - Matheus Nogueira; Vidal (Thalys), Camilo, Arthur Henrique e Kevin; Rômulo, Denilson, Luiz Fernando, Gabriel Terra e Lucas Santos; Ramon. Técnico: Claudio Tencati

Vitória - Ronaldo; Cedric, João Victor, Thalisson Kelven e Pedrinho; João Pedro, Pablo Siles, Fernando Neto e Bruno Oliveira; David e Dinei. Técnico: Ramon Menezes



Foto: Pietro Carpi | EC Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->