BRASILEIROS QUE SE VIREM... 🤬 Missão Humanitária brasileira parte para o Haiti neste domingo; enquanto isso milhares passam fome, morrem na fila do SUS no NO/NE🤬 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

domingo, agosto 22, 2021

BRASILEIROS QUE SE VIREM... 🤬 Missão Humanitária brasileira parte para o Haiti neste domingo; enquanto isso milhares passam fome, morrem na fila do SUS no NO/NE🤬




A chamada "BRASILEIROS QUE SE VIREM ..." é em alusão ao pensamento do presidente Jair Bolsonaro que está mais preocupado com a "tragédia alheia que com a tragédia diária de milhares de brasileiros passando necessidades famélicas e morrendo nas filas de regulação criada pelo SUS, em especial no NO/NE. Supostamente a ação é uma resposta emergencial à tragédia causada por um terremoto no último sábado no país.


A Secretaria Especial de Comunicação (Secom) do governo federal confirmou neste sábado (21) que o Brasil enviará neste domingo (21) uma Missão Humanitária multidisciplinar ao Haiti. A ação é uma resposta emergencial à tragédia causada por um terremoto no último sábado (14).


Segundo nota divulgada na última quinta-feira (19) pelo Itamaraty, a missão que envolve outros quatro ministérios brasileiros – Justiça, Defesa, Saúde e Desenvolvimento Regional - contará com a participação de uma aeronave de transporte KC-390 Millennium, com equipes de especialistas e peritos em busca e resgate em estruturas urbanas colapsadas, além de kits de medicamentos e insumos estratégicos para assistência farmacêutica emergencial, doados pelo Ministério da Saúde.

Em meio às 3,5 toneladas de medicamentos - que não chegam para os brasileiros que não podem adquirir - e insumos enviados há, segundo o Ministério da Defesa, cinco kits que podem, cada um, atender até 10 mil pessoas em situações de desastre. Também foram enviados materiais de uso hospitalar disponibilizados pela Força Nacional do SUS, como macas, colares cervicais, biombos, além de insulina humana tipo regular, medicamento que tem ação rápida em casos de choque, ocasionado pela diminuição anormal do volume do sangue.

A comitiva atuará no auxílio a vítimas do terremoto de magnitude 7,2 que deixou quase 2 mil pessoas mortas e mais de 9,9 mil feridas. As cidades de Cayes e Jérémie, no sudoeste da ilha, foram as mais afetadas. Além dos tremores, o país também foi atingido pela tempestade Grace, que causou fortes chuvas e enchentes.



Foto :::: Reprodução / Ilustrativa



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->