Curandeiros falsos que enganavam idosos para aplicar golpes na Bahia são presos pela polícia do Distrito Federal - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quinta-feira, agosto 19, 2021

Curandeiros falsos que enganavam idosos para aplicar golpes na Bahia são presos pela polícia do Distrito Federal




Uma organização criminosa suspeita de cometer crimes de estelionato e furto mediante fraude em vários estados do Brasil foi localizada no município de Itaberaba, a 297 km de Salvador. Seis pessoas foram presas durante a ação, ocorrida na quarta-feira (18/8) e batizada de Falso Curandeiro pela Polícia Civil do Distrito Federal.


Ao todo, foram nove meses de investigação. De acordo com as diligências, o grupo criminoso, após a prática de alguns crimes na região administrativa de Planaltina, passou a ser monitorado.

“A organização criminosa tinha como modo de agir a exploração da fé de idosos, oferecendo falsas curas, aproveitando-se da situação de vulnerabilidade para subtrair cartões e senhas das vítimas, obtendo valores de contas bancárias e empréstimos”, destaca o delegado-chefe da 31ª DP, Fabrício Augusto Paiva.

No curso da investigação, verificou-se que a organização criminosa também praticava os crimes em São Paulo, Bahia e Espírito Santo. Os policiais descobriram que os criminosos haviam retornado à Itaberaba três dias antes da deflagração, com aproximadamente R$ 500 mil oriundos de golpes.

A operação contou com 20 policiais civis do Distrito Federal, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil da Bahia. Os agentes também cumpriram quatro mandados de prisão preventiva e outros dez, de busca e apreensão.



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003



Foto :::: Reprodução 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->