Na estreia de Wagner Lopes, Vitória recebe o CRB e tenta deixar a zona - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

domingo, agosto 15, 2021

Na estreia de Wagner Lopes, Vitória recebe o CRB e tenta deixar a zona

 

Depois de duas partidas com um interino à beira do gramado, hoje o Vitória volta a ter um treinador para valer no comando da equipe, que recebe o CRB, às 16h, no Barradão, pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Wagner Lopes foi apresentado na última sexta-feira e teve só dois dias para conhecer a equipe antes da estreia, mas pelo menos vai ter a chance de debutar contra um freguês do Rubro-Negro.


Foi na Copa do Nordeste da já distante temporada de 2010 que o Leão perdeu para o Galo pela última vez. Nos 11 anos de invencibilidade rubro-negra, os rivais regionais se enfrentaram em dez oportunidades, com seis triunfos baianos e quatro empates.

Desde 2019, com as duas equipes na Segunda Divisão, os encontros passaram a ficar mais recorrentes. Nas duas últimas edições da Segundona, o CRB teve campanhas melhores que as do Vitória, mas no confronto direto o Alvirrubro não conseguiu superar o Rubro-Negro: empatou duas e perdeu duas.

Além do domínio recente contra o adversário de hoje, o Vitória tem ainda o Barradão como trunfo. É que o Galo nunca ganhou do Leão como visitante. Nas 11 vezes em que o clássico regional foi disputado em Salvador, os donos casa venceram oito e empataram três.

Conservar o tabu vai ser um bom começo para o novo treinador rubro-negro, que a longo prazo tem uma missão mais complicada pela frente, a de manter o time na Série B. Hoje o Vitória está na zona de rebaixamento, com 14 pontos, e em meio a uma sequência de quatro jogos sem vencer na Segunda Divisão.

Para a partida contra o CRB, Wagner Lopes antecipou que não deve promover muitas mudanças na equipe que já vinha como titular nas últimas rodadas. O treinador justificou a decisão com a falta de tempo para trabalhar antes da estreia, e com a confiança nos auxiliares Ricardo Amadeu e Flávio Tanajura, que estiveram à frente do time na semana passada.

“Quanto menos mexer, melhor. Nós estamos em uma transição, tenho conversado muito com Ricardo e Flávio. São pessoas que estão aqui há mais tempo, conhecem o elenco como ninguém”, disse Wagner Lopes. “A ideia é dar sequência ao que vem sendo feito. É claro que a gente tem nossas convicções, muitos anos no futebol. Com bom senso, tranquilidade e, principalmente com as pessoas que estão aqui, vamos tomar a melhor decisão possível”, completou o debutante de hoje.

Retorno do capitão

Uma mudança já esperada é o retorno de Wallace Reis. O zagueiro cumpriu suspensão na rodada de meio de semana e volta a ficar à disposição. A tendência é que ele faça dupla com Mateus Moraes. Nesse caso, João Victor volta para o banco de reservas.



Foto :::: Divulgação / A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->