Alexandre de Moraes promove ofensiva contra atos antidemocráticos na véspera do 7 de setembro - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, setembro 07, 2021

Alexandre de Moraes promove ofensiva contra atos antidemocráticos na véspera do 7 de setembro



Além de prisões de bolsonaristas, Moraes permitiu o bloqueio de saques das contas de entidades e pessoas ligadas às manifestações antidemocráticas do dia 7.


Na véspera das manifestações pró-governo do dia 7 de setembro, o ministro Alexandre de Moraes atendeu uma série de solicitações da Procuradoria-Geral da República (PGR) e promoveu uma ofensiva no âmbito do inquérito sobre os atos antidemocráticos marcados para esta terça-feira, 7.

Além da prisão de bolsonaristas que o ameaçaram de morte, Moraes permitiu o bloqueio de saques das contas bancárias da Associação Nacional dos Produtores de Soja e da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso, suspeitas de financiar as manifestações, e o bloqueio de 'diversas chaves PIX e contas bancárias' ligadas a pessoas supostamente envolvidas nos atos antidemocráticos.

Outros sete mandados de busca e apreensão também foram autorizados, incluindo contra o prefeito de Cerro Grande do Sul (RS), Gilmar João Alba, que foi flagrado com R$ 505 mil em espécie no Aeroporto de Congonhas.

A sede da Associação dos Produtores de Soja do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT), em Cuiabá também foi alvo de diligências da Polícia Federal.

O blogueiro Osvaldo Eustáquio, que já foi preso preventivamente por ordem de Moraes em dezembro do último ano, teve suas contas em redes sociais bloqueadas após divulgar declarações do caminhoneiro Zé Trovão, atualmente foragido da Justiça, nas quais ele pede o impeachment dos ministros do STF no dia 7.



Foto ::: Reprodução / Ilustrativa / A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->