Menina de 10 anos é resgatada pela polícia de situação de exploração sexual, em Itaberaba - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

domingo, setembro 05, 2021

Menina de 10 anos é resgatada pela polícia de situação de exploração sexual, em Itaberaba



Uma criança de apenas 10 anos foi resgatada após ser encontrada pela polícia em situação de vulnerabilidade, em contexto social de exploração sexual e uso de drogas, no KM 228 da BR 242, trecho de Itaberaba, 280 km de Salvador. O flagrante ocorreu na quinta-feira (2/9), mas só foi divulgado no sábado (4/9).


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os agentes receberam denúncias anônimas de que haviam jovens, aparentemente menores de 18 anos, uma delas utilizando apenas trajes íntimos, abordando motoristas em um posto de combustíveis da região para pedir carona e oferecer serviços sexuais.

No local, os policiais encontraram as três meninas. Duas delas correram ao perceber a aproximação policial, mas uma desistiu da fuga e foi alcançada. A garota inicialmente contou histórias fantasiosas. Com a chegada do Conselho Tutelar no local, ela revelou seu nome e sua situação de vulnerabilidade.

Foi descoberto que as duas jovens que a acompanhavam eram suas irmãs e estavam inseridas no mesmo contexto de exploração sexual e uso de drogas. Segundo o relato, as três irmãs haviam fugido de local destinado ao acolhimento de crianças e adolescentes um dia antes da abordagem.

Os policiais foram surpreendidos com a informação de que uma das jovens tinha o sonho de ser PRF. Ela contou que vivia em uma situação degradante, na qual a sua mãe se prostituía, e foi resgatada por agentes da Instituição.

As crianças passaram por atendimento psicológico e foram reintegradas ao local de acolhimento de crianças e adolescentes.



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Credito da foto:ilustrativa/Pixabay

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->