Paulo Carneiro é afastado do Vitória - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, setembro 03, 2021

Paulo Carneiro é afastado do Vitória




O Conselho Deliberativo do Esporte Clube Vitória decidiu pelo afastamento do presidente Paulo Carneiro por 60 dias. O julgamento ocorreu na noite desta segunda-feira (2/9) e contou com 76 votos a favor do afastamento e três abstenções.


Paulo Carneiro foi acusado de "gestão temerária" pela Comissão de Ética do clube, que será assumido, interinamente, pelo vice-presidente Luiz Henrique.

Mais cedo, nesta quinta, Carneiro resolveu divulgar seus já conhecidos áudios no WhatsApp. Na gravação, que tem pouco mais de 15 minutos, o cartola se defende da acusação de gestão temerária e faz uma enxurrada de acusações.

O primeiro alvo é Fábio Mota, secretário de Turismo de Salvador e que foi eleito junto com Paulo Carneiro para o Conselho Deliberativo. "É o grande Judas desse processo, sabia? O grande traidor desse processo, é o grande responsável por tudo isso que está acontecendo porque deu espaço, quando ele podia ter evitado tudo isso. Para ficar bem com tudo mundo com o seu jeito pusilânime de ser. Então o que aconteceu? Eles não mandaram a documentação? Não sei. Eu entreguei tudo isso a esse idiota desse presidente do Conselho Fiscal, que hoje está sozinho. Por que ele está sozinho? Por que os outros todos renunciaram? Alguém já tocou nesse assunto?”

"A partir de amanhã o Vitória estará no caos porque será dirigido por Fábio Mota. Ele vai sair da secretaria de Turismo para dirigir o Vitória. Eu não sei nem como ele é secretário dessa forma. Ele não pode dirigir essa instituição. Meu vice não vai ficar nessa situação", complementou Paulo Carneiro.

Sobre as acusações que lhe são imputadas, o chefe do Leão se defendeu de forma veemente. "Se tem indício de gestão temerária são os dois [presidente e vice], mas eles querem atingir o presidente, aquele que mais ganhou, que mais elevou a imagem do clube. É esse que eles querem atingir com um processo covarde. As pessoas que querem entrar aqui nunca construíram porra nenhuma pelo clube. Tem uma parte da mídia que comandou esse desgaste", declarou.

Ainda nos áudios, o comandante do Rubro-Negro criticou seus antecessores. "Nós temos um passivo de R$ 180 milhões. Quem fez isso não foi Paulo Carneiro. Quem criou isso? Isso é que deveria ter uma comissão para investigar. Você pode até soltar esse áudio. De Alexi Portela são R$ 100 milhões, dito pelo seu financeiro Falcão. O Vitória S.A funcionou até 2008, quando eles dois levaram o passivo para o clube. Esse S.A era comandado por Jorge Sampaio, que era ligado ao presidente do clube. Desde 2005 o Vitória não tem mais sócio", atacou.

"O responsável pelo desmanche do clube se chama Alexi Portela. Tenho os processos todos. Ficam falando de processo trabalhista. Já paguei R$ 4 milhões. O Bahia deve o dobro de processo trabalhista. Manuel Matos e Raimundo Viana deram sorte e receberam dinheiro da Globo, tomando emprestado de forma irresponsável. Esse processo é político", finalizou Paulo.

A reunião que pode confirmar o afastamento do presidente acontece durante a tarde. "Me suspenderam por 60 dias para levantar as informações. As duas tentativas de acusação é que tive adiantamento de minha remuneração. Se eu tivesse isso, não era nada anormal. Não deu prejuízo nenhum ao clube. A outra é a questão da Magno. Nunca vi alguém reclamam de um dinheiro que entrou".



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Credito da foto:Maurícia da Matta/EC Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->