Pediatra morto em clínica na Bahia: O que se sabe e o que falta saber - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, setembro 24, 2021

Pediatra morto em clínica na Bahia: O que se sabe e o que falta saber




Médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, 44 anos, foi morto, dentro de uma clínica particular, onde trabalhava, na cidade de Barra, no oeste do estado. Suspeito fugiu com comparsa em uma motocicleta.



Um médico foi morto dentro da clínica particular, onde trabalhava, na cidade de Barra, no oeste da Bahia, na manhã de quinta-feira (23)

Quem é a vítima?

A vítima é o médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, que tinha 44 anos. Segundo a polícia, ele era natural da cidade de Xique-Xique, que fica na mesma região, mas trabalhava em Barra. Júlio César também atendia como clínico geral.

O que aconteceu?

O médico prestava atendimento a uma criança, no consultório de uma clínica particular. O atirador entrou no local e disparou quatro vezes contra ele. Um dos tiros atingiu a cabeça do pediatra. Ele chegou a ser socorrido por funcionários do estabelecimento, mas não resistiu.

Quem são os suspeitos?

Dois homens são suspeitos de participarem do crime, mas eles ainda não foram identificados pela polícia. Um é o atirador, que invadiu a clínica e o consultório. O segundo é o comparsa que levou o atirador ao local em uma moto e prestou fuga no mesmo veículo. Câmeras de segurança flagraram a ação e poderão ajudar na identificação dos suspeitos.

Qual arma foi usada?

Segundo a polícia, foi usada uma pistola no crime. Mas ainda não há detalhes sobre as especificações do armamento, como o calibre.

Qual a motivação?

As investigações estão em andamento e a motivação ainda não foi divulgada, para não atrapalhar as apurações.



Foto ::: Reprodução / Arquivo Pessoal 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->