Lopes mantém otimismo na luta contra o Z-4: "Acho que vamos conseguir" - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, outubro 19, 2021

Lopes mantém otimismo na luta contra o Z-4: "Acho que vamos conseguir"




O triunfo sobre o Sampaio Corrêa, que representou o fim do jejum de sete partidas sem vencer, já serviu para dar outro ânimo para o grupo rubro-negro. A mudança de astral no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura pode ser imprescindível para um time que busca 'virar a chave' na reta final do Brasileirão Série B.



Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira, 18, o discurso do treinador Wagner Lopes foi de otimismo em afirmar que o Leão da Barra conseguirá escapar do descenso à terceira divisão. Atualmente, o Vitória ocupa a 18ª posição e cinco pontos o separam da Ponte Preta, primeira equipe fora do Z-4.

"A gente acorda todos os dias com uma motivação gigante para trabalhar. E é um problema por vez. Sempre focado, sempre buscando fazer o melhor possível naquele dia. Acho que vamos conseguir, sim, salvar do rebaixamento. Claro que fácil não vai ser. Mas eu não trabalho sozinho, tem muita gente ajudando. A gente une força para cada um poder fazer o seu melhor", disse o treinador.

Questionado sobre a importância do resultado longe de Salvador, diante da 'Bolívia Querida', Wagner Lopes exaltou o feito, mas falou em permanecer com os pés no chão. De toda forma, a conquista de mais um resultado fora de casa serve para melhorar a confiança dos jogadores no dia a dia.

"Nada mais me empolga no futebol com relação a você dormir na vaia ou dormir no aplauso. A gente sabe a importância que é ganhar três pontos fora de casa, uma coisa dificílima, mas a gente está sempre com os pés no chão, sempre buscando equilíbrio, sempre buscando motivar os jogadores da melhor maneira possível", completou Lopes.

Itabaiana

Apesar dos olhares voltadas à luta contra o rebaixamento, o Vitória entra em campo nesta terça-feira, em uma condição inédita. Pela primeira vez em sua história, o time baiano jogará a preliminar da Copa do Nordeste, devido ao mau resultado obtido pela equipe no Baianão deste ano.

Depois do resultado positivo sobre o Sampaio Corrêa, vencer o Itabaiana e assegurar a classificação do torneio regional serviria como um gás ainda maior para o time seguir na briga contra o Z-4. Sobre o duelo, Wagner Lopes falou da necessidade de vencer dentro de casa, mas também pregou respeito pelo adversário.

"Acredito que a motivação está dentro do jogador. Ela é de dentro para fora. É intrínseca, não é extrínseca, não é de fora para dentro. Ah, se o estádio estiver lotado, eu vou jogar bem; se tocar o hino, eu vou jogar bem. Não. Eu acho que cada jogo tem a sua importância. A gente tem que respeitar o Itabaiana, porque não ganhamos nada. Tem que tomar muito cuidado com o que se fala. A gente procurou se preparar da melhor maneira possível, mas vamos ter que correr muito, lutar muito, para fazer um bom jogo. Então é pensar jogo a jogo. É claro que são situações diferentes, mas, dentro de casa, você tem que buscar a vitória sempre. Mesmo respeitando todos os times", pontou o comandante.

Retorno da torcida

Outro fator que pode jogar a favor do Rubro-Negro não estará dentro das quatro linhas, e sim, nas arquibancadas do Manoel Barradas. O duelo contra o Itabaiana vai marcar justamente o retorno do torcedor ao estádio. A experiência será a primeira de Wagner Lopes, que só esteve no Barradão com público quando estava do lado oposto ao Leão.

"Meu sentimento é de felicidade, alegria. A gente vem passando para o nosso jogador a importância de ter o torcedor ao nosso lado. Então a gente encara com alegria, como muito importante. E, assim, eu vim jogar muitas vezes aqui no Barradão contra o Vitória. E todas as vezes em que eu vim jogar aqui, a torcida apoiou o tempo inteiro, incentivou os jogadores o tempo inteiro. Então a gente sabe da força do nosso torcedor. A gente quer jogar junto com o nosso torcedor, com certeza", encerrou Wagner.



Foto: Pietro Carpi | EC Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->