QUEM MANDA NA BAHIA I 🎬Namorada de traficante do BDM em Paripe é torturada por rivais e tem cabelo cortado; bandidos filmaram tudo e colocaram nas redes🎬 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, outubro 29, 2021

QUEM MANDA NA BAHIA I 🎬Namorada de traficante do BDM em Paripe é torturada por rivais e tem cabelo cortado; bandidos filmaram tudo e colocaram nas redes🎬


Um vídeo que tem circulado nas redes sociais nesta quinta-feira (28/10) mostra mais um episódio de “tribunal do tráfico” em Salvador - nome dado à prática dos bandidos que tentam fazer “justiça” com alguém que não é leal à facção.


Uma mulher, identificada pelo prenome Ester, tem o cabelo cortado por um grupo de homens, que não aparecem nas imagens. Ela relata estar saindo com um suposto traficante de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. "Você mora na favela da OP [Ordem e Progresso], vai namorar com BDM [Bonde do Maluco]?", reclama um homem, citando grupos criminosos.

Sob tortura, a mulher conta tudo sobre o tal "romance". "Ele tem um ‘oitão’ na maloca [sic], na fazenda. Na Fazendinha da Vovó, lá em Paripe", relata. O bandido, então, pergunta se ela pode levá-los até la, ao que ela responde afirmativamente, com o olho cheio de lágrimas.

"Ele trabalha pra quem?", pergunta o interrrogador. "Pro Cigano", responde, indicando um "cabeça cara" da facção BDM.


As perguntas seguem, com o grupo de homens perguntando se ela ainda está com o relacionamento. "Eu encontrava, mas depois dessa aqui...", começa Ester, enquanto o cabelo é cortado.

"Você tá ligada que você sofreu as consequências que o ‘bagulho’ é pelo certo. Você tá ligada que lá é BDM e você sabe que nós [sic] não apoia. Então pronto", diz um dos traficantes. "Mas ela vai sofrer por causa dele, aí já vai tá na visão e não vai fazer mais isso . Você ta na favela da OP, vai namorar com BDM?", reforça outro torturador.

Um dos criminosos chega a reclamar que o cabelo "ainda tá grandinho". Em outros vídeos, é comum que o cabelo da vítima seja raspado completamente, o que não acontece com Ester. A redação Aratu On encaminhou o vídeo para a Polícia Militar, para que sejam tomadas providências sobre o assunto.




‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->