Vitória visita Vasco e precisa ganhar para seguir na luta contra o rebaixamento - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, novembro 10, 2021

Vitória visita Vasco e precisa ganhar para seguir na luta contra o rebaixamento




Vasco e Vitória vão ser adversários na 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O encontro entre as equipes acontece nesta quarta-feira, 9, às 21h30, em São Januário, no Rio de Janeiro. A partida tem caráter decisivo, mas só para o Rubro-Negro, que chega à reta final da competição ainda envolvido na luta contra o rebaixamento. Para o Alvinegro, o jogo é meramente protocolar.


A equipe treinada por Fernando Diniz se despediu das chances de acesso na última rodada, quando foi goleada em casa pelo Botafogo. Depois da derrota no clássico, o próprio treinador reconheceu que o time já não tem mais aspirações na Série B de 2021. “Infelizmente não conseguimos”, resumiu Diniz.

Há quem entenda que enfrentar um time ‘de férias’ nas últimas rodadas é uma vantagem, mas esse não é o pensamento de Wagner Lopes. Em entrevista coletiva depois do treino de terça-feira, o técnico do Leão projetou que o Vasco vai tentar dar uma resposta para a torcida depois da derrota no clássico carioca.

“A gente procurou se preparar de duas formas. Se o Vasco ganha, ele vem motivado, vem com tudo para cima, para confirmar a possibilidade de acesso. Se perde, vem para dar a resposta, para buscar a vitória, fazer valer o tamanho da sua camisa. Em qualquer situação, a dificuldade é grande. Mas nós fizemos uma boa preparação, e cada jogador sabe da importância do jogo”, disse o treinador.

Certo é que, independentemente da postura do Cruzmaltino no jogo desta quarta, o Vitória precisa vencer para que o risco do rebaixamento não fique ainda maior. E olhe que os matemáticos já indicam que a probabilidade de queda do Rubro-Negro está em 97%.

Ou seja, por mais que o rebaixamento não possa acontecer de forma definitiva nesta quarta, voltar para Salvador sem pontos na bagagem vai significar uma espécie de pré-contrato assinado com a Terceira Divisão do Brasileiro.

“Esse jogo é importante, de três pontos, e a gente precisa vencer para elevar as chances de permanência na Série B, para não levar os números para um lugar que a gente não consiga mais alcançar. Matematicamente, é um jogo muito importante, que a gente precisa vencer”, avaliou Wagner Lopes.

Quem joga

A delegação do Vitória embarcou para o Rio de Janeiro com 20 jogadores à disposição de Wagner Lopes. A lista não incluiu o nome de Hitalo, autor do gol salvador que garantiu o empate com o Avaí na última rodada. O jogador criado na Toca do Leão sofreu uma lesão no joelho esquerdo durante um treino no domingo e foi vetado pelo departamento médico.

Outro desfalque é Bruno Oliveira. Ele vinha de uma sequência de oito partidas como titular na Série B, mas vai precisar ficar de fora do time para cumprir a suspensão automática pelo acúmulo de cartões amarelos. Contra o Avaí, ele recebeu o sexto em 27 partidas disputadas na Segundona.

A boa notícia para Wagner Lopes é o retorno de Eduardo para compor o meio de campo do Vitória. Ele deve entrar na vaga aberta pela ausência de Bruno Oliveira, o que implicaria na manutenção de Fernando Neto entre os titulares.

De saída

O atacante Wesley Pionteck não vai mais vestir a camisa do Vitória em 2021. O jogador negocia a rescisão com o clube depois de entrar em campo em 15 partidas e não fazer nenhum gol na temporada.

A última partida dele pelo Rubro-Negro foi no fim de setembro, no empate sem gols com o Coritiba.

VASCO DA GAMA X VITÓRIA - 35ª RODADA DO BRASILEIRÃO DA SÉRIE B

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), às 21h30

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Lorival Cândido das Flores (ambos do RN)

Vasco da Gama - Lucão; Cayo Tenório, Ricardo Graça, Leandro Castan e Zeca; Bruno Gomes, MT e Marquinhos Gabriel; Nenê, Cano e Morato. Técnico: Fernando Diniz

Vitória - Lucas Arcanjo; Raul Prata, Wallace, Thalisson Kelven e Roberto; João Pedro, Fernando Neto e Eduardo; Marcinho, Fabinho e David. Técnico: Wagner Lopes



Foto: Pietro Carpi | EC Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->