CAPELA DO ALTO ALEGRE: Indústria de laticínios vai investir R$ 20 milhões - Observador Independente

BAHIA

2 de diciembre de 2016

CAPELA DO ALTO ALEGRE: Indústria de laticínios vai investir R$ 20 milhões

Rui e executivos da Betânia Leites durante a assinatura do protocolo de intenções
O governador Rui Costa e o sócio-conselheiro da Betânia Leites, Jorge Parente Júnior, assinaram protocolo de intenções para implantação de indústrias do leite na Bahia. O encontro ocorreu na Governadoria, em Salvador, nesta quinta-feira, 1º. As unidades começam a ser construídas já em 2017, com cerca de R$ 20 milhões em investimentos.
“Vamos construir na Bahia as mais modernas indústrias de laticínios do Brasil”, afirmou o representante da Betânia. Localizadas no interior da Bahia, as duas plantas vão reforçar a cadeia do leite no interior, representando um canal importante de escoamento da produção da agricultura familiar.
Para Rui, além da geração de 150 empregos diretos e dois mil indiretos, a implantação das fábricas vai beneficiar a rede de produtores de leite do interior.
“É importante pensar na capilaridade que indústrias como essas vai gerar. Com o aumento da produção de leite na Bahia, vamos dando mais renda para a agricultura familiar e melhorando o desenvolvimento das nossas cidades e das nossas regiões. Ficamos felizes em ver que a estratégia de desenvolvimento e de inclusão produtiva dos pequenos produtores vai se materializando e se fortalecendo todos os dias com empreendimentos como esses”, afirmou o governador.
As indústrias funcionarão também como alavanca para novas produções. De acordo com Jorge Parente Júnior, o processo para implantação de uma das plantas, no município de Capela do Alto Alegre, foi iniciado com a estruturação de uma bacia do leite.
Construção da fábrica
“Começamos o entendimento com o governo do estado no início do ano e já arrendamos um laticínio em Capela do Alto Alegre, onde já estamos produzindo 40 mil litros de leite por dia. Quando chegarmos a 90 mil, começaremos a construção da fábrica, no decorrer de 2017. Esperamos inaugurar a indústria depois de 18 meses de obras”, assinalou o executivo.
Além do processamento de leite UHT, a unidade em Capela do Alto Alegre vai produzir derivados como creme de leite e manteiga. “Hoje a nossa empresa trabalha com 48 produtos diferentes, além de laticínios, e esperamos poder trazer alguns deles para cá”, acrescenta o representante da Betânia.
Também participaram do ato de assinatura os secretários estaduais de Desenvolvimento Econômico, Jorge Hereda, de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e da Fazenda, Manoel Vitório. Mateus Pereira l Gov-BA

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.
O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.
VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas