PALMEIRAS 💸 TCM multa prefeito por irregularidades em licitação para coleta de lixo - Observador Independente

BAHIA

15 de marzo de 2018

PALMEIRAS 💸 TCM multa prefeito por irregularidades em licitação para coleta de lixo

Foto reprodução/Facebook 



O prefeito de Palmeiras, Ricardo Oliveira Guimarães (PSD), foi multado em R$5 mil por irregularidades no processo licitatório realizado para a contratação de empresa prestação de serviços de coleta de lixo urbano, limpeza de prédios públicos e roçagem de ruas e áreas públicas, durante o ano de 2017. A decisão foi proferida pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na quarta-feira (14).

De acordo com o relator do processo, conselheiro José Alfredo Rocha Dias, afirmou que, além do uso indevido do instituto da dispensa de licitação, ficaram devidamente comprovadas falhas relativas à ausência de fiscalização do contrato, como também a apresentação de boletins de medição sem todas as informações devidas, a exemplo da especificação dos veículos envolvidos e da quilometragem rodada nos processos de pagamento, entre outras irregularidades .

Ainda segundo o relator, houve apresentação de notas fiscais sem planilha discriminando os valores dos insumos e de mão de obra, e a distinção entre os empregados da empresa e servidores públicos que porventura atuaram no serviço de coleta de lixo.

Em seu pronunciamento, o Ministério Público de Contas acompanhou o posicionamento da relatoria e opinou pelo reconhecimento das irregularidades apontadas, com a correspondente aplicação de multa proporcional ao gestor. Cabe recurso da decisão.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas