SANTO ESTEVÃO 👏 👏 👏 Homem é espancado e morto por populares após suspeita de estuprar enteado de 4 anos - Observador Independente

BAHIA

12 de marzo de 2018

SANTO ESTEVÃO 👏 👏 👏 Homem é espancado e morto por populares após suspeita de estuprar enteado de 4 anos

Caso ocorreu na cidade de Santo Estevão. Abuso foi descoberto no sábado (10) e suspeito foi morto ao voltar para casa, neste domingo (11)


Um homem de 25 anos foi espancado e morto, neste domingo (11), na cidade de Santo Estevão, distante cerca de 150 km de Salvador, após suspeita de ter abusado do enteado, de 4 anos. As informações são da Polícia Civil no município.

O crime aconteceu na localidade conhecida como Beco do Salgado, na zona rural. Segundo informações da polícia, a mãe da criança registrou a agressão sexual no sábado (10), na Delegacia de Santo Estevão, quando o suspeito, identificado como Juraci Conceição de Jesus, fugiu.

Ainda de acordo com a polícia, a avó do menino desconfiou das queixas de dor dele e percebeu vermelhidão nas partes íntimas da criança, que apontou o padrasto como responsável pelas lesões.

A mãe do garoto, então, procurou o Conselho Tutelar da cidade e um representante do órgão acompanhou, junto com o filho, até um hospital da região. O abuso, segundo a polícia, foi constatado por um médico da unidade de saúde ond eo menino foi examinado.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, na manhã deste domingo, Juraci teria voltado para casa para pegar algum pertence e a população, já sabendo do crime contra a criança, o agrediu até a morte. A moto dele foi incendiada. Ninguém foi preso.

O corpo do rapaz foi removido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana. O caso vai ser investigado pela Polícia Civil em Santo Estevão.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas