FEIRA DE SANTANA @ Vereador chega a cavalo para protestar contra aumento do combustível em Feira - Observador Independente

BAHIA

14 de mayo de 2018

FEIRA DE SANTANA @ Vereador chega a cavalo para protestar contra aumento do combustível em Feira

Nicolas Melo*
Vereador protestou em frente à Câmara na manhã desta segunda




O vereador Edvaldo Lima (PP) chegou na Câmara Municipal de Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador) vestido de terno e gravata e montado em um cavalo na manhã desta segunda-feira, 14. Atitude dele é um protesto por conta do aumento da gasolina no município baiano.

Com um cartaz na mão com a frase "Basta! Diga não ao combustível caro", Edivaldo discursou para as pessoas presentes no local, assim como a imprensa. "Esse é o meu protesto. Cheguei de cavalo. Deixei o meu veículo em casa justamente para que o povo se reúna. Una-se todos, porque a união faz a força", disse o político.

Durante o discurso, o edil citou a Petrobras e questionou sobre de quem seria a responsabilidade em relação aos sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis. 

"Nós queremos saber de quem é a responsabilidade diante das autoridades constituídas para reduzir o combustível (...) É a roubalheira na Petrobras que nos impõe a pagar um combustível de R$ 5. Nós não podemos mais aceitar isso (...) Estamos pagando caro por esta situação", reclamou.

O ato reuniu diversas pessoas, além dos carros que passavam e faziam o "buzinaço".

*Sob supervisão do editor Juracy dos Anjos / ATarde

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas