FUTEBOL @ Copa América no Brasil terá 10 seleções sul-americanas mais Japão e Catar - Observador Independente

BAHIA

5 de mayo de 2018

FUTEBOL @ Copa América no Brasil terá 10 seleções sul-americanas mais Japão e Catar

Estadão Conteúdo
Foto: Divulgação


A Conmebol confirmou na última sexta-feira (4) que a Copa América de 2019, a ser disputada no Brasil, terá as participações do Japão e do Catar, que sediará a Copa do Mundo de 2022. As duas equipes vão se juntar às dez seleções sul-americanas: Brasil, Uruguai, Argentina, Colômbia, Peru, Chile, Paraguai, Equador, Bolívia e Venezuela.

Será a primeira vez que o Catar participará da competição, de olho em sua preparação para o Mundial que será disputado três anos depois. O Japão, por sua vez, volta a integrar o torneio após 20 anos. Segundo a Conmebol, a presença das duas seleções foi aprovada pela Confederação Asiática de Futebol.

"Além de contar com a presença das seleções nacionais que são membros da nossa entidade, daremos às boas-vindas à seleção do Japão, com cuja federação nos unimos num vínculo de amizade e bom relacionamento. E, pela primeira vez, teremos a participação da seleção do Catar, que será anfitriã da Copa de 2022", afirmou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

A Copa América será disputada em solo brasileiro entre junho e julho do próximo ano. O Comitê Organizador Local ainda está definido as cidades e os estádios que vão receber as partidas. Algumas das arenas erguidas para a Copa do Mundo de 2014 devem ser utilizadas para o evento.

A edição de 2019 voltará a contar com 12 seleções, encabeçada pelo Uruguai e pela Argentina, os maiores campeões da história do torneio, com 15 e 14 troféus, respectivamente. Na última edição, em 2016, os Estados Unidos sediará uma versão especial, a Copa América Centenário, com 16 equipes. O Chile é o atual bicampeão, com títulos nos Estados Unidos e também em 2015, em solo chileno.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas