SALVADOR @ Instituto do Cacau tem estrutura recuperada - Observador Independente

BAHIA

15 de mayo de 2018

SALVADOR @ Instituto do Cacau tem estrutura recuperada

Incêndio comprometeu à época o último pavimento do edifício, além da casa de máquinas da sede do instituto / Roy Rogeres l A TARDE SP





Cinco anos após ser destruído por um incêndio que atingiu o terceiro andar do prédio do Instituto do Cacau, localizado no bairro do Comércio de Salvador, o governo do estado, por meio da Secretaria da Administração (Saeb), divulgou o início das obras para recuperação estrutural do prédio público.

Vencedora da concorrência pública realizada em agosto de 2017, no valor de R$ 1,77 milhão, a construtora AMF Engenharia e Serviços será a responsável por conduzir a primeira etapa das obras, que inclui a recuperação da laje da cobertura e da casa de máquinas do edifício, que também foram atingidas pelo incêndio.

Conforme informações da Saeb, o cronograma de atividades envolve a preparação dos locais afetados para demolição e posterior reconstrução, trabalho que terá duração aproximada de onze meses.

Ações

Serão contempladas ainda ações de recuperação estrutural, como a remoção de elementos de alvenaria e concreto já comprometidos, bem como a recomposição da cobertura, além da impermeabilização e pintura.

O cronograma de todos os procedimentos é elaborado conjuntamente pela empresa vencedora e pela Superintendência de Patrimônio (Supat/Saeb), que também será responsável pela fiscalização dos trabalhos.

Já à AMF Engenharia e Serviços cabe a limpeza das instalações e a implantação de procedimentos de segurança. Ainda de acordo com a Saeb, toda a nova estrutura será construída de acordo com normas técnicas da ABNT, entre outros documentos oficiais, sendo garantida a estabilidade predial por meio de escoramento, também de responsabilidade da empresa vencedora do processo.

“Será imprescindível a manutenção da segurança na edificação, com a adoção de equipamento de proteção coletiva na fachada e de procedimentos que garantam a redução de impactos ou vibrações durante a execução das obras”, diz o comunicado da assessoria de comunicação da Saeb.

História

O prédio do Instituto do Cacau da Bahia foi construído ao lado da Praça Marechal Deodoro e junto ao Porto, no Comércio. O Instituto do Cacau foi criado em 8 de junho de 1931, e alocado no prédio, com sua arquitetura moderna e linhas consideradas avançadas para a época, sendo inaugurado em 1936. O projeto foi assinado pelo arquiteto alemão Alexander Buddeus, em 1932.

O incêndio que atingiu o Instituto do Cacau comprometeu à época o último pavimento do edifício, além da casa de máquinas. Após tratativas, foi elaborado um projeto para a sua recuperação.

Além do SAC Comércio, o prédio abriga o Núcleo Regional de Educação (NRE), da Secretaria da Educação; o Restaurante Popular, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS); o Museu do Cacau, da Secretaria da Agricultura (Seagri); unidade da Defensoria Pública do Estado, a Cesta do Povo e instituições bancárias.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas