ELEIÇÕES 2018 @ Targino Machado é investigado pela PF e diz ser perseguido pela SSP - Observador Independente

BAHIA

19 de junio de 2018

ELEIÇÕES 2018 @ Targino Machado é investigado pela PF e diz ser perseguido pela SSP

 Crédito da foto: Vagner Souza 




O deputado estadual Targino Machado (DEM) está sendo investigado pela Polícia Federal por corrupção eleitoral. A PF já encaminhou o processo ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) com pedido de inquérito. 

No pedido, a PF solicita “instaurar inquérito policial para apurar os fatos narrados nos documentos, que noticiam possível corrupção eleitoral perpetrada pelo deputado estadual Targino Machado, que estaria realizando atendimentos médicos gratuitos em Feira de Santana”.

Em conversa com o site BNews, na tarde desta terça-feira (19), o parlamentar acusou ser perseguido pelo secretário de Segurança Pública, Mauricio Barbosa, e pelo líder do governo, Zé Neto (PT). Em fevereiro deste ano, Machado fez declarações polêmicas ao acusar a SSP de superfaturar a compra de televisores.
Fizeram um inquérito descarado. Usaram a Polícia Federal que é uma instituição séria para iniciar um inquérito. Eu faço isso a 37 anos [atendimentos médicos gratuitos]. O problema deles é que investigaram tudo da minha vida, Zé Neto e o secretário de Segurança Pública e não encontraram nada contra mim, porque eu sou um homem limpo. Várias investigações já sofri e nunca acharam nada de errado.

Tamirys Machado e Juliana Nobre / BocãoNews

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas