FEIRA DE SANTANA 👁 Feirense aprovada em mestrado no Reino Unido precisa de 130 mil reais para custear a viagem - Observador Independente

BAHIA

9 de junio de 2018

FEIRA DE SANTANA 👁 Feirense aprovada em mestrado no Reino Unido precisa de 130 mil reais para custear a viagem

Durante um ano, a universidade de Glasgow analisou toda a vida acadêmica e atividades extracurriculares da candidata / Foto: Reprodução




Por Milena Brandão



Estudante de escola pública, formada em Economia pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e recentemente admitida em dois metrados na universidade de Glasgow, no Reino Unido. Carolina Timóteo de Souza agora enfrenta o desafio de reunir condições financeiras para poder estudar na Europa.

Durante um ano, a universidade de Glasgow analisou toda a vida acadêmica e atividades extracurriculares da candidata e de que maneira ela poderia contribuir para a comunidade. Após a notícia da aprovação, Carolina está na lista de espera e pede a colaboração da população.

O meu principal objetivo é me capacitar e unir possibilidades reais de ter ferramentas para voltar para o Brasil e poder contribuir para o desenvolvimento da minha região e do meu país porque eu acredito que apesar das dificuldades sociais, econômicas e políticas e até mesmo desse período de descrença, a gente tem a capacidade de se tornar um país melhor. Eu acredito no Brasil. Não é só uma questão profissional mas poder lutar pelo meu povo, 

explicou.

O valor necessário para o curso de mestrado é R$130 mil e até o momento ela tem menos de 2% da quantia. A estudante tentou um programa de bolsas de estudos, que costuma contemplar entre 15 a 20 estudantes internacionais por ano e só duas pessoas de cada país podem ser aceitas.

Para conseguir o valor, Carolina, junto com alguns amigos, produz camisas da campanha para venda. Os produtos estão disponíveis nas redes sociais Facebook na fanpage “Vem sonhar comigo” e no Instagram @carolineemglasgow. Além disso, as pessoas podem contribuir também através da página “Vem sonhar comigo” na plataforma colaborativa Benfeitoria (https://benfeitoria.com/CarolineemGlasgow) ou através do depósito bancário (Os dados estão no fim da matéria).

Mestrado no exterior

Ao final do ano passado, após concluir a graduação, Carolina se candidatou aos programas de mestrado internacional integrado em "Mercados Globais e Desenvolvimento", oferecidos pelo consórcio entre as universidades de Glasgow (Reino Unido), Barcelona (Espanha), Göttingen (Alemanha) e Rottedam (Holanda); e em Segurança, Inteligência e Estudos Estratégicos (IMSISS), oferecido pelas Universidades de Glasgow (Reino Unido), Charles (República Checa), Dublin (Irlanda) e a OTH Resensburg (Germany), oito das melhores universidades europeias em suas respectivas áreas.

Importância do curso

De acordo com Caroline, o mestrado pode fornecer toda a base que precisa para alcançar o seus objetivos. 
Primeiro, porque me permitiria aprofundar meu conhecimento sobre a economia política global e a dinâmica das políticas internacionais, bem como questões de comércio e desenvolvimento através de uma perspectiva local e, assim, estimular não só a expansão do comércio como também a atração de novos capitais. Em segundo lugar, seu foco na história, teoria, instituições e culturas do capitalismo global é muito significativo, porque a ponte entre eles nos permite compreender como, de fato, o desenvolvimento sustentado ocorre e até que ponto países desenvolvidos podem servir de modelo a ser seguido para o nosso próprio desenvolvimento, 
explicou.

Apoio

O suporte no ambiente familiar e no ambiente acadêmico foram cruciais na vida de Caroline. “Eu sempre tive o apoio da minha mãe, que sempre me estimulou a estudar. Os estímulos, a atenção, dedicação e compromisso com a educação de todos os meus professores também foram importantes para que eu pudesse vivenciar tanto de apresentação, congresso internacional quanto intercambio acadêmico”, contou.

Dados bancários:

Nome: Caroline Timóteo de Souza
Banco: Santander
Agência: 3682 Conta: 60-008036-4

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas