MARAGOJIPE @ Gerente de facção criminosa e braço direito do líder morrem durante confronto com o Bope - Observador Independente

BAHIA

5 de junio de 2018

MARAGOJIPE @ Gerente de facção criminosa e braço direito do líder morrem durante confronto com o Bope

Crédito da Foto: Divulgação/SSP-BA





Dois integrantes de uma quadrilha de tráfico de drogas morreram durante troca de tiros com policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na manhã desta terça-feira (5/6), em Maragogipe, Recôncavo baiano. “Kaká”, como era conhecido, era o homem de confiança de Adílson Souza Lima, o “Roceirinho”, fundador de uma facção criminosa que atua com o tráfico de drogas na região. O gerente do bando, Harin Ferreira Galvão, 25 anos, também foi baleado.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Kaká vivia escondido na zona rural de Maragogipe, em uma localidade conhecida como Marianga. Ele era responsável por toda a logística de distribuição de drogas, armas, munições e também determinava as execuções de rivais e usuários devedores. O rapaz era o segundo no comando da quadrilha, e obedecia as ordens de Adílson, que está custodiado em presídio federal.

Kaká e seu comparsa, Harin, foram localizados em um mangue na região. Eles reagiram à abordagem do Bope, e, durante o confronto, acabaram atingidos. Ambos foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

Nos imóveis que eles usavam, erguidos às margens, foram encontrados fuzil, pistolas, coletes balísticos e drogas. Equipes do Bope continuam na região em busca de outros cinco integrantes da quadrilha, que escaparam, após o confronto. Agentes do Patrulhamento Tático Móvel estão com viaturas em pontos estratégicos da cidade, para evitar fugas.


aratuonline

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas