MUNIZ FERREIRA, VARZEDO E MAIS 110 municípios baianos recebem apoio do Governo do Estado para as festas juninas - Observador Independente

BAHIA

17 de junio de 2018

MUNIZ FERREIRA, VARZEDO E MAIS 110 municípios baianos recebem apoio do Governo do Estado para as festas juninas

Os valores do edital para cada local variam de R$ 20 mil a R$ 100 mil




Municípios de diferentes regiões da Bahia receberam apoio do Governo do Estado para as comemorações juninas deste ano, destinado às festas de Santo Antônio, São João e São Pedro. De acordo com um balanço divulgado nesta terça-feira (16), 109 cidades foram contempladas por meio do Edital de Chamamento como parte do projeto São João da Bahia. Os valores para cada local variaram de R$ 20 mil a R$ 100 mil.


Para as festas de São João, foram contempladas as cidades de: 

Água Fria, Alcobaça, Amargosa, Anguera, Baixa Grande, Barro Alto, Belmonte, Canápolis, Capela do Alto Alegre, Carinhanha, Central, Conceição da Feira, Conceição do Coité, Coribe, Cruz das Almas, Dom Basílio, Euclides da Cunha, Guanambi, Heliópolis, Ibipitanga, Ibirataia, Irecê, Itaberaba, Itaitê, Itagibá, Itatim, Itiúba, Jaguaquara, Jaguaripe, Jussari, Lafaiete Coutinho, Lajedo do Tabocal, Lapão, Lauro de Freitas, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Maracás, Medeiros Neto, Mortugaba, Mucugê, Muniz Ferreira, Paulo Afonso, Pé de Serra, Piatã, Planaltino, Presidente Jânio Quadros, Quixabeira, Riachão das Neves, Rio de Contas, São Desidério, São Félix do Coribe, Sapeaçu, Sátiro Dias, Senhor do Bonfim, Tucano, Ubaíra, Valença, Varzedo, Vereda e Vitória da Conquista.

Outras 12 cidades foram contempladas pelo mesmo convênio para a festa de Santo Antônio: 

Barra do Mendes, São Domingos, Lençóis, Serrolândia, Nova Fátima, Novo Horizonte, Iraquara, Irará, Teolândia, Taperoá, Caetité e Lagoa Real. Mais 37 municípios receberam financiamento do Estado para realizar festas de São Pedro, como Bom Jesus da Lapa, Brumado, Dias D'avila, Itacaré e Santa Maria da Vitória.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas