SALVADOR @ Prefeitura diz que foi 'pega de surpresa' e afirma que negociação com servidores continua - Observador Independente

BAHIA

6 de junio de 2018

SALVADOR @ Prefeitura diz que foi 'pega de surpresa' e afirma que negociação com servidores continua

Segundo o secretário de Gestão, Thiago Dantas, o Sindseps informou apenas sobre a realização de uma assembleia no local e uma paralisação de 24 horas / Foto : Leitor 






A Prefeitura de Salvador afirma que foi pega de surpresa com a decisão do Sindicato dos Servidores Públicos de Salvador de impedir a entrada de funcionários que foram trabalhar na manhã de hoje (5) no complexo dos Barris. O protesto chegou a bloquear o trânsito na região central da cidade.

Segundo o secretário municipal de Gestão, Thiago Dantas, o Sindseps informou apenas, por meio da edição de ontem (4) do Diário Oficial do Município, sobre a realização de uma assembleia no local e uma paralisação de 24 horas.

No entanto, ele afirmou que o protesto iria ocorrer de forma democrática e sem impedir o funcionamento normal de órgãos que ficam no complexo, a exemplo da própria Semge, da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas) e da Fundação Mário Leal Ferreira. 

"Entendemos que a assembleia faz parte do processo democrático da campanha salarial. O que não pode é impedir o funcionamento e a entrada daqueles servidores que saíram das suas casas para trabalhar", disse Dantas.

Segundo ele, a administração soteropolitana continua a negociar e discutir os pleitos durante as mesas permanentes com cada categoria.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas