SALVADOR @ São João: rodoviária oferece 600 horários extras e ferry opera durante 24h - Observador Independente

BAHIA

20 de junio de 2018

SALVADOR @ São João: rodoviária oferece 600 horários extras e ferry opera durante 24h

 Por: Vagner Souza/BNews 




Aproximadamente 160 mil pessoas devem deixar Salvador pelo Terminal Rodoviário para curtir o São João no interior da Bahia. Segundo a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), estão previstos 600 horários extras, além dos 540 horários regulares realizados diariamente pelas empresas.

Segundo a Agerba, os destinos mais procurados para os festejos juninos são Santo Antônio de Jesus, Amargosa, Cruz das Almas, Cachoeira, Senhor do Bonfim, Ibicuí e Irecê.

A Agerba recomenda que as passagens sejam adquiridas com antecedência. Algumas empresas disponibilizam a compra antecipada nos guichês, pela internet ou telefone.

Ferry-boat


Entre os dias 20 e 26 de junho o sistema ferry-boat, que faz a travessia entre Salvador e a Ilha de Itaparica, terá um esquema especial para atender à demanda prevista do feriado de São João, que é de 20 mil veículos e 140 mil pessoas nos sete dias de operação entre São Joaquim e Bom Despacho. 

Segundo a Internacional Travessias Salvador (ITS), sete embarcações estarão disponíveis nos horários convencionais (de hora em hora). Entre quinta (21) e sexta (22) o funcionamento será 24h no terminal de São Joaquim. Já em Bom Despacho, o sistema vai operar 24h no domingo (24) e na segunda-feira (25).

Os usuários do ferry-boat também podem utilizar o serviço Hora Marcada, no qual será disponibilizado 450 vagas extras, segundo a ITS, nas madrugadas de quinta-feira (21), sexta-feira (22) e segunda-feira (25). Serão 50 vagas extras às 4h da manhã de quinta (21) e 200 vagas a mais na sexta (22) entre 1h e 4h, em ambos os casos saindo de São Joaquim. Outras 200 vagas na segunda (25), entre 1h e 4h, saindo de Bom Despacho.
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas