SALVADOR @ SSP vai investigar autoria de fake news sobre 'fim' do Planserv - Observador Independente

BAHIA

12 de junio de 2018

SALVADOR @ SSP vai investigar autoria de fake news sobre 'fim' do Planserv

Crédito da foto: Divulgação 




O governo da Bahia informou terça-feira (12) que solicitou à Secretaria de Segurança Pública (SSP) investigação policial para apurar a autoria de notícias falsas relacionadas ao suposto fim do Planserv (plano de assistência à saúde dos servidores estaduais). 

Segundo nota distribuída pela assessoria da gestão Rui Costa, os boatos -—também conhecido como fake news— estão sendo disseminadas por meio de redes sociais, principalmente pelo aplicativo de celular WhatsApp.

Confira abaixo a íntegra da nota:

A Coordenação Geral do Planserv informa que já solicitou à Secretaria de Segurança Pública uma investigação policial para apurar de onde partem as notícias falsas relacionadas ao plano de assistência à saúde dos servidores públicos estaduais da Bahia. A mensagem, que circula pelo Whats App e nas redes sociais, tem o intuito de espalhar o pânico entre o funcionalismo e desqualificar as ações do Planserv em favor dos servidores. A apuração das responsabilidades pela divulgação de mais essa notícia falsa é indispensável para evitar que esse tipo de coisa siga ocorrendo. Quando identificados, os criadores dessas notícias falsas serão acionados a fim de responderem penalmente pelos crimes cometidos contra o órgão público.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas