SANTO ANTº DE JESUS @ Paciente denuncia clínica Day Hospital por racismo contra marido negro; “chamaram a polícia” - Observador Independente

BAHIA

28 de junio de 2018

SANTO ANTº DE JESUS @ Paciente denuncia clínica Day Hospital por racismo contra marido negro; “chamaram a polícia”

Crédito da Foto: Ba Cidades



Ba Cidades


A cor da pele do marido da paciente de uma clínica virou alvo de denúncia. Segundo a mulher relatou nas redes sociais, enquanto ela estava no local, seu marido e filho, negros, foram abordados por supostos policiais chamados por uma funcionária. A unidade funciona como Day Hospital em Santo Antônio de Jesus, a 190 km de Salvador.

De acordo com a mulher, o caso ocorreu na tarde de quarta-feira (27/6). 
Meu esposo parou o carro na frente da clínica, me deixou e foi resolver alguma coisa com meu filho na rua. Logo depois, eles voltaram para a clínica e perguntaram na recepção onde ficava a ginecologia. Ela [a funcionária] informou e eles subiram,
contou a mulher.

Segundo ela, a atendente, além de ficar olhando para eles, perguntou quem era o homem negro. “Depois, meu esposo disse que ia descer para assistir o jogo. Assim que ele desceu, a funcionária perguntou: ‘E os dois rapazes?’ Falei que era meu esposo e meu filho. Ela retrucou: ‘Aquele escuro é seu esposo?’ Falei sim”, relatou.

A paciente detalhou ainda que, depois dos questionamentos, a funcionária saiu e ela entrou no consultório para atendimento. “Falei para a médica e ela informou que ‘ia reclamar e que isso não podia acontecer’”, contou.

Na recepção, a denunciante contou ao marido e ao filho o que tinha ocorrido, que eles foram alvo de racismo. 
Então ele me contou que chamaram a polícia e que foram abordados com arma e a cara na parede. Foram abordados como dois marginais. Estamos com nosso psicológico abalado. Foi muito triste,
desabafou.

A reportagem do BA Cidades, tentou falar com a direção da clínica, mas não obteve retorno.


Fonte: BA Cidades

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas