AMÉLIA RODRIGUES @ Operação conjunta entre MP e polícias combate roubo de veículos e cargas na BR-324 - Observador Independente

BAHIA

25 de julio de 2018

AMÉLIA RODRIGUES @ Operação conjunta entre MP e polícias combate roubo de veículos e cargas na BR-324

Operação também combate homicídios e tráfico de drogas na região de Amélia Rodrigues.
Crédito da foto / Divulgação/MP




O Ministério Público estadual deflagrou, com apoio das Polícias Civil e Militar e Polícia Rodoviária Federal, na manhã desta quarta-feira (25), a “Operação Amélia Livre”, que teve como alvos criminosos que praticam roubos a veículos e cargas na BR-324, homicídios e tráfico de drogas na região.

Cinco alvos da operação estão com prisão preventiva decretada pela Justiça, mas encontram-se foragidos, segundo o MP. Os acusados foram identificados como: Euller Pereira Moura, Edson Robert Silva de Jesus, Lourival Oliveira da Silva Júnior, Renato Batista dos Santos e Janderson Mendes dos Santos.

Durante a operação, foram encontrados nos acampamentos abandonados às pressas pelos alvos duas motos, cocaína, balança de precisão, munições, cadernos com anotações e objetos pessoais dos criminosos. Os acampamentos utilizados por eles ficam em área de difícil acesso, com vegetação fechada, na zona rural de Amélia Rodrigues.

As investigações que resultaram na operação vinham sendo realizadas pelo Ministério Público há quatro meses, segundo o promotor de Justiça Marcel Bittencourt. A operação envolveu cerca de 100 policiais, um helicóptero da PRF e 35 viaturas.


Ascom/MP-Ba

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas