MATA DE SÃO JOÃO @ Homem condenado a 14 anos de prisão por tráfico de drogas morre em confronto com PMs; Ele era foragido - Observador Independente

BAHIA

1 de julio de 2018

MATA DE SÃO JOÃO @ Homem condenado a 14 anos de prisão por tráfico de drogas morre em confronto com PMs; Ele era foragido

Fernando Souza, conhecido como "Nando Coroa" foi condenado a 14 anos de prisão e estava foragido. Caso aconteceu na noite de sábado (30). Os policiais militares encontraram uma arma, carregador e munições. (Foto: Divulgação/SSP-BA)




Um homem condenado a 14 anos de prisão por tráfico pela 2ª Vara de Tóxicos, e que estava foragido, morreu após confronto com equipes da 53ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Mata de São João), na noite de sábado (30), no bairro Barro Branco, em Mata de São João, na região metropolitana de Salvador.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o traficante que foi identificado como Fernando Pereira de Souza, conhecido como "Nando Coroa", era responsável pela distribuição de drogas para os bairros de São Caetano e Boca do Rio, em Salvador.

De acordo com o SSP, os PMs faziam rondas, quando perceberam quatro homens armados. Após a tentativa de abordagem, Fernando foi baleado por um dos policiais. Ele foi socorrido para o Hospital Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos.

A polícia encontrou uma arma, carregador e munições com Fernando, conforme a SSP.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas