SALVADOR @ Arma dispara acidentalmente durante operação e atinge policial na perna no Nordeste de Amaralina - Observador Independente

BAHIA

5 de julio de 2018

SALVADOR @ Arma dispara acidentalmente durante operação e atinge policial na perna no Nordeste de Amaralina

Caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (4). Agente foi socorrido e levado para um hospital, onde passou cirurgia / Crédito da foto: Padrão OBI



Um policial do Batalhão de Choque da PM foi atingido por um tiro na perna, após disparo acidental, durante uma operação realizada na tarde desta quinta-feira (5), no bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador.

De acordo com a PM, o agente foi socorrido por colegas e levado para um hospital da região, onde passou por uma cirurgia. Ele está lúcido e fora de perigo. A unidade de saúde para onde ele foi encaminhado não foi informada.

Conforme a PM, a operação também envolvia equipes da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (40ª CIPM) e da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp Atlântico.

PM baleado em assalto

Um sargento da reserva da Polícia Militar foi esfaqueado durante um assalto, no final da manhã desta quinta-feira (5), no bairro do Comércio, em Salvador. De acordo com a PM, a vítima foi ferida na região das axilas.

O caso ocorreu por volta das 11h30, no Terminal da França. O carro do policial foi levado durante a ação. Os suspeitos fugiram. A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há detalhes do estado de saúde do PM.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas