SALVADOR @ Coronel não descarta hipótese de incêndio criminoso na Assembleia - Observador Independente

BAHIA

29 de julio de 2018

SALVADOR @ Coronel não descarta hipótese de incêndio criminoso na Assembleia

Presidente da Casa Legislativa afirmou que pediu ao governador Rui Costa um “delegado especial” para apurar o caso / Foto : Sandra Travassos/AL-BA




O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo Coronel (PSD), não descartou a hipótese de incêndio criminoso no prédio da Casa, que destruiu ontem (28) parte da estrutura do terceiro andar.

“Pedi ontem ao governador Rui Costa um delegado especial para a investigação. Queremos saber se foi um incêndio de ordem criminosa ou se foi incidente, um fio que rompeu e provocou isto”, afirmou, em entrevista.

Coronel ressaltou que a Casa contratou um engenheiro estruturalista para verificar se houve comprometimento da estrutura do prédio. A Defesa Civil de Salvador também vai elaborar um laudo sobre a situação do imóvel.

“Espero que o laudo esteja pronto em 24 horas. No máximo até 72 horas para que o prédio seja liberado e possa iniciar a limpeza. Agora, toda documentação da minha gestão está microfilmada e digitalizada na imprensa gráfica da Bahia. Então, não houve prejuízos”, salientou.

O deputado ressaltou que as reformas recentes na AL-BA impediram que o fogo se alastrasse. “A gente fez um reforço na estrutura e retiramos as coisas inflamáveis. Isso fez com que o fogo não se espalhasse para outros pavilhões”, pontuou.


Rodrigo Daniel Silva / METRO1

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas