SALVADOR @ Homem é preso suspeito de envolvimento na morte de auxiliar de classe na Boca do Rio - Observador Independente

BAHIA

5 de julio de 2018

SALVADOR @ Homem é preso suspeito de envolvimento na morte de auxiliar de classe na Boca do Rio

Crédito da foto / Divulgação/SSP-BA 




O homem suspeito de envolvimento na morte da auxiliar de classe Joy Soares da Silva em março deste ano na Boca do Rio, foi preso na quarta-feira (4), no bairro de Itapuã, em Salvador.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Fábio Marcos Costa de Novais, conhecido como 'Fabão', foi encontrado após o recebimento de uma denúncia. 

Ainda conforme a SSP-BA, no momento da prisão, ele estava com uma pistola calibre 40, carregador, munições e uma porção de maconha. Ele possuía mandado de prisão em aberto e estava sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por outras mortes, na Boca do Rio.

Crédito da foto / Divulgação/SSP-BA 

Além dele, também foram presos, Leonardo Silva Nascimento Oliveira e Joseilson Jesus dos Santos, que conforme a SSP-BA, fazem parte da mesma quadrilha. O trio foi apresentado, na 34ª Delegacia Territoral (DT/Portão). 

Crédito da foto / Divulgação/SSP-BA 

Outras prisões

Crédito da foto / Divulgação/SSP-BA 
Três homens já tinham sido presos, suspeitos de participação no crime. Gerson dos Santos Nascimento, conhecido como Aquático, de 20 anos, Márcio Cardozo do Nascimento, 38, e Edvan Diógenes Lopes, 24, foram encontrados no dia 17 de março, na cidade de Birintinga, a cerca de 206 km da capital baiana.

Ainda segundo a polícia, momentos antes da prisão o trio matou um homem no município de Água Fria, Centro Norte do estado.Na época, eles foram encaminhados para a 15ª Polícia Civil do Interior (Coorpin) de Serrinha, onde foram autuados em flagrante por homicídio e porte ilegal de arma.

Na ocasião, a polícia tomou conhecimento do mandado de prisão de Gerson e o encaminhou, junto com os comparsas, para o Departamento de Homicídio de Proteção à Pesssoa (DHPP), em Salvador.

O Caso

Crédito da foto / Divulgação/SSP-BA

Joy Silva foi morta na madrugada do dia 8 de março no bairro da Boca do Rio. De acordo com a Polícia Civil, a vítima, de 38 anos, estava em casa dormindo com o marido e a filha quando homens armados chegaram e chamaram pelo esposo dela.

Na ação, os criminosos invadiram a residência, que fica na Rua do Obi, e dispararam contra a mulher, que não resistiu aos ferimentos. O pai e a filha pularam o muro do imóvel e conseguiram fugir. 

Segundo a polícia, o marido de Joy havia deixado o tráfico de drogas recentemente e seria o alvo do grupo. A execução teria sido ordenada por um líder do tráfico da região.

Ela trabalhava como auxiliar de classe no Colégio Magister. Na época, a instituição de ensino usou as redes sociais para emitir uma nota de pesar.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas