SALVADOR @ Lojas são interditadas com tapumes no aeroporto de Salvador; administradora alega falta de pagamento de taxa - Observador Independente

BAHIA

19 de julio de 2018

SALVADOR @ Lojas são interditadas com tapumes no aeroporto de Salvador; administradora alega falta de pagamento de taxa

Lojas do aeroporto não abrem as portas por impasse com a administradora do terminal
Crédito da foto / Reprodução TV Bahia



Algumas lojas que ficam dentro do aeroporto de Salvador, localizado no bairro de São Cristóvão, foram fechadas e interditadas com tapumes pela administradora do terminal, nesta semana.

De acordo com informações da empresa Vinci Airports, a medida foi tomada após os donos dos estabelecimentos não pagarem uma taxa de funcionamento, que é exigida para a atuação no aeroporto.

Em contato com a reportagem, os lojistas confirmaram que não houve o pagamento da taxa, mas alegaram que não foram acionados sobre o fechamento dos estabelecimentos.

Segundo os lojistas, os espaços começaram a ser interditados na terça-feira (17). Os estabelecimentos ficam em frente ao portão de embarque nacional do aeroporto. A área é muito movimentamentada e costuma ter oferta constante de clientes.

Ainda conforme a Vinci Airports, mesmo que o pagamento seja efetuado, as lojas não serão liberadas, porque o espaço passará por reformas. Segundo a empresa, houve uma tentativa de negociação com os lojistas antes da medida, mas não houve acordo.


g1bahia

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas