SALVADOR @ MAGISTRADAS INICIAM PROJETO JUSVERDE NO COMPLEXO DO FÓRUM RUY BARBOSA - Observador Independente

BAHIA

27 de julio de 2018

SALVADOR @ MAGISTRADAS INICIAM PROJETO JUSVERDE NO COMPLEXO DO FÓRUM RUY BARBOSA

Crédito da foto / Amab




Um grupo de juízas elaborou o projeto voluntário chamado de JusVerde. O objetivo é harmonizar e reorganizar os jardins espalhados pelo complexo do Fórum Ruy Barbosa, no bairro de Nazaré. A iniciativa é das Juízas Verônica Ramiro, Lícia Fragoso Modesto – Diretora do Complexo dos Fóruns -, Daniela Gonzaga, Indira Meireles, Marcia Gottschald, Milena Watt, Bárbara Bastos e Patrícia Didier.

Segundo a Juíza Verônica Ramiro, o jardim que separa as unidades do Fórum e do Anexo sempre lhe chamou a atenção. Embora o achasse bonito, notava uma certa desarmonia na disposição das plantas. Então veio a ideia de um trabalho colaborativo, que hoje conta com a participação de juízas e servidores.

“O local de nosso trabalho, esteja ele no ambiente privado ou público, é extensão de nossa própria casa. Torná-lo ainda mais acolhedor tem efeito motivador. E o que mais se quer com o Projeto é que ele desperte nas pessoas a certeza de que juntos podemos mudar muitas coisas. Acho de verdade que podemos muito mudar as coisas e, se entendermos que o movimento disso está em nós e não no outro, a realização tem imensa chance de prosperar”, afirmou a magistrada.

A Juíza Daniela Gonzaga, que integra o grupo, disse que se encantou com o projeto desde o primeiro momento, e tem visto o quanto pequenas intervenções podem mudar o espaço de convivência.

Três canteiros já foram reorganizados com mudas de Palmeira-imperial, transplante de muda Equisoria, implantação de pedras decorativas, além da poda das gramas. Um trabalho de compostagem também está sendo feito em um canteiro do Fórum das Famílias. O projeto precisa de uma “força tarefa de quem gosta”, já que é um trabalho contínuo e de manutenção.

Para fazer doações de materiais como de jardinagem, terral vegetal, argila expandida, entre outros, basta entrar em contato com o grupo voluntário do projeto ou entregar na 11ª Vara da Fazenda Pública, no Fórum Ruy Barbosa. As doações também podem ser entregues na Administração do Complexo do Fórum, já que o administrador, Sr. Manoel, também tem acompanhado o trabalho dos jardineiros do Tribunal, Robson e Daniele, e colaborado com o Projeto. A Associação dos Magistrados da Bahia também contribuirá com a ação.


Texto: Amab
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas