SALVADOR @ Ossada achada na BA-528 é de jovem que desapareceu após sair de festa de réveillon no subúrbio da capital - Observador Independente

BAHIA

9 de julio de 2018

SALVADOR @ Ossada achada na BA-528 é de jovem que desapareceu após sair de festa de réveillon no subúrbio da capital

Vitória Charleane dos Reis Mata estava desaparecida desde o dia 31 de dezembro 
Crédito da foto / Reprodução/Facebook



Material foi identificado após exames de arcada dentária feitos pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). Ossada foi liberada e retirada na manhã desta segunda-feira (9).


A ossada humana encontrada na rotatória da BA-528, mais conhecida como Estrada no Derba, em Salvador, é da adolescente Vitória Charleane dos Reis Mata, de 17 anos, que desapareceu após sair de uma festa de réveillon no subúrbio de Salvador. A informação foi confirmada pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde foi feita a identificação da ossada por meio da análise da arcada dentária.

A ossada foi achada no dia 15 de junho em um trecho da BA-528, em Águas Claras, mesmo bairro onde a garota morava com a avó. Vitória desapareceu após deixar a festa no bairro de São Tomé de Paripe, no dia 31 de dezembro de 2017.

A ossada foi liberada e retirada pela família do DPT, na manhã desta segunda-feira (9). Não há detalhes do enterro. Segundo a Polícia Civil, ainda não há novidades sobre autoria do crime. O caso segue em inestigação pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Caso

A adolescente Vitória Charleane dos Reis Mata foi vista pela última vez ainda durante o evento de fim de ano. De acordo com a família, a jovem estava na festa com uma prima e uma amiga, mas teria se desentendido com uma das garotas e foi embora. No entanto, ela não voltou para casa.

Os familiares da garota registraram o desaparecimento dela na delegacia no dia 2 de janeiro. Vitória saiu do bairro de Águas Claras, onde morava com a avó materna, para ir para a festa.


G1/Bahia

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas