SALVADOR @ Traficantes invadem colégio na Boca do Rio e efetuam diversos disparos de arma de fogo - Observador Independente

BAHIA

20 de julio de 2018

SALVADOR @ Traficantes invadem colégio na Boca do Rio e efetuam diversos disparos de arma de fogo

Crédito da foto / Reprodução 




Dois homens armados invadiram e efetuaram diversos disparos de arma de fogo no interior do Colégio Estadual Professora Georgina Ramos da Silva, na Boca do Rio, em Salvador, na manhã desta sexta-feira (20). De acordo com moradores da Praça Didie Luz, o ataque aconteceu por volta das 7h40.

Testemunhas relataram que o ataque estaria relacionado com o tráfico de drogas e a disputa entre facções rivais. Não há registro de feridos. Os disparos causaram pânico entre alunos, professores e funcionários.

Até o final da manhã, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) não tinha informações sobre a invasão no colégio estadual. 

RONDA ESCOLAR - Procurada, a assessoria de comunicação da Secretaria de Educação informou que direção da unidade escolar acionou, imediatamente, a Ronda Escolar. Conforme a SEC, o fato ocorreu nas imediações do colégio. 

"O Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar foi acionado pela CICOM. Com a chegada da guarnição não foram encontrados os autores dos disparos, mas as guarnições estão no local realizando incursões em busca dos criminosos. A Ronda Escolar também enviou uma equipe para atender a comunidade daquela unidade de ensino", diz a pasta em nota.

As atividades da unidade escolar serão normalizadas no turno vespertino e noturno.




Vinícius Ribeiro/BocãoNews

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas