SANTA TEREZA-ES @ Casal é detido acusado de prender gêmeos de três anos em caixote - Observador Independente

BAHIA

13 de julio de 2018

SANTA TEREZA-ES @ Casal é detido acusado de prender gêmeos de três anos em caixote

Crédito da Foto: Reprodução/TV Gazeta ES



Duas crianças de três anos foram encontradas presas em um caixote de madeira em uma casa na zona rural de Santa Teresa, no Espírito Santo, na última terça-feira (10/7). Os pais foram levados à delegacia e podem responder na Justiça por maus-tratos e até perder a guarda dos filhos.

Após uma denúncia anônima, agentes do Conselho Tutelar da cidade foram até o local, com a ajuda da Polícia Militar. Ao chegarem à residência, encontraram os irmãos gêmeos de três anos presos dentro da caixa, que estava trancada com um cadeado. O espaço era pequeno e dividido em dois, para que as crianças não tivessem contato uma com a outra.

Segundo a PM, os pais alegaram que faziam isso para que pudessem cuidar dos afazeres domésticos e rurais da casa sem se preocupar com os filhos. A polícia conta ainda que eles não ofereceram resistência e mostraram o local onde o caixote ficava, na sala. As crianças não apresentavam sinais de agressão física e também não reclamaram de maus-tratos aos agentes.

Ainda assim, os pais foram levados à delegacia, onde prestaram depoimento e foram liberados em seguida. A Delegacia de Polícia de Santa Teresa apura o caso. As crianças foram levadas para o Conselho Tutelar e estão no Centro de Convivência de Santa Teresa. O caso será levado para a Justiça.


Fonte: Uol

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas