SENHOR DO BONFIM @ AVES DA FAUNA BRASILEIRA SÃO APREENDIDAS EM OPERAÇÃO NO MUNICÍPIO - Observador Independente

BAHIA

30 de julio de 2018

SENHOR DO BONFIM @ AVES DA FAUNA BRASILEIRA SÃO APREENDIDAS EM OPERAÇÃO NO MUNICÍPIO

Crédito da foto / Ascom / Inema



Durante os dias 24 a 28 de julho, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia INEMA, em parceria com o 6°BPM e a CIPE/CAATINGA realizaram uma operação a qual teve como alvo principal o tráfico de animais silvestres. Cerca de 500 espécies de aves da fauna brasileira, dentre eles: cardeais, azulão, sabiá, Estêvão, Pássaro Preto, Sanhaço, periquitos, galo de campina, caboclinho, papa capim, coleira, papagaios, tico-tico, entre outros, foram apreendidos.

Os pássaros foram levados para um centro de avaliação onde passarão por uma triagem. Após a averiguação, as aves devem ser devolvidas a natureza. A Lei de Crimes Ambientais 9.605/98 em seu Art° 29 : Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, É CRIME e estão sujeitos a multa que variam de 500 a 5.000 reais por cada pássaro apreendido, de acordo com o Decreto 6.514/08, que regulamenta a Lei de Crimes Ambientais (9.605/08).

Durante a operação também foi identificado áreas de desmatamento, os barramentos irregulares e degradação de nascentes. Todos os identificados foram autuados em atos administrativos emitidos pelo Inema, de acordo com o Decreto Estadual 14.024-12, artigo 254, inciso I parágrafo único.

O intuito é realizar fiscalizações sistemáticas a fim de coibir o comércio e tráfico de animais silvestres na região. Esta primeira ação serve de alerta nas próximas serão bem mais repressivas, inclusive, lavrando-se o devido TCO ( Termo Circunstanciado) na delegacia para que o responsável venha responder pelo Crime Ambiental.

Ascom / Inema

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas