SERRA DOURADA @ Cinco suspeitos de assalto a banco morrem durante megaoperação da PM na Bahia - Observador Independente

BAHIA

22 de julio de 2018

SERRA DOURADA @ Cinco suspeitos de assalto a banco morrem durante megaoperação da PM na Bahia

Crédito da Foto: divulgação/SSP-BA



Cinco suspeitos de integrar quadrilha que explodiu bancos na região de Serra Dourada, oeste da Bahia, morreram em confronto com a polícia na manhã deste domingo (22/7). Os baianos Genilson Gomes, 34 anos, Alex de Jesus, 27, o paulista Washington Nascimento, 33, o paraibano Samuel de Oliveira Aguiar, 30, e um indivíduo ainda não identificado foram localizados em uma megaoperação da Polícia Militar na Bahia.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA), com possíveis rotas de fuga bloqueadas e utilizando drones para monitoramento, o quinteto foi encontrado na zona rural de Serra Dourada. O grupo foi cercado, mas reagiu atirando, ao que os policiais revidaram.

A operação teve início depois do ataque aos bancos, no último dia 17 deste mês. Para isso, participaram equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cerrado, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), das Rondas Especiais (Rondesp) Oeste e das 84ª (Barreiras) e 30ª (Santa Maria da Vitória) Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPMs).

Com os suspeitos foram apreendidos um fuzil calibre 5,56, quatro pistolas calibre 40, carregadores, munições e R$ 1,5 mil em espécie. As equipes continuam na região em busca de outros integrantes da quadrilha.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas