TEIXEIRA DE FREITAS @ Jovem assassinada por ex-companheiro com golpes de canivete carregava filho de 3 anos no momento do ataque - Observador Independente

BAHIA

3 de julio de 2018

TEIXEIRA DE FREITAS @ Jovem assassinada por ex-companheiro com golpes de canivete carregava filho de 3 anos no momento do ataque

Marilia Gomes de Souza tinha 21 anos e estava separada do ex-marido a sete dias. 
(Foto: Divulgação/Redes Sociais)



A mulher que foi assassinada pelo ex-companheiro com golpes de canivete estava com o filho de 3 anos no braço, quando foi esfaqueada pelo suspeito. A informação foi confirmada ao G1pela Polícia Civil nesta terça-feira (3), dois dias depois do crime ocorrido na manhã de domingo (1º), na cidade de Teixeira de Freitas, sul da Bahia.

A vítima, Marilia Gomes de Souza, tinha 21 anos e foi morta em um ponto de ônibus. Segundo informações da Polícia Militar, o casal estava separado há sete dias. A criança era filha do casal. A polícia não soube informar se o menino também ficou ferido durante o ataque.

O suspeito, Emanuel Ferreira dos Santos, de 32 anos, foi preso em flagrante e levado para a 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin). Em depoimento à polícia, ele disse que foi buscar a ex-companheira no ponto de ônibus.

Ainda conforme o suspeito, durante uma conversa, a vítima teria dado um tapa no rosto dele, que reagiu e a atacou com golpes na cabeça, pescoço, peito, braços e mãos. Marilia tentou se defender, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A polícia informou que Emanuel perdeu um dos dedos da mão direita, enquanto golpeava a vítima. O caso é investigado pela polícia, que apura mensagens e telefonemas do celular de Marília, para saber se ela era ameaçada.
A vítima foi enterrada na segunda-feira (2), às 10h, no Cemitério da Redenção, em Teixeira de Freitas. Até o final da manhã desta terça, o suspeito continuava preso e aguardava decisão judicial.

Serviços de apoio à mulher

Mulheres vítimas de violência doméstica e familiar podem contar com serviços que prestam apoio jurídico e psicológico gratuitamente em Salvador, e em outras cidades do estado. Confira abaixo lista de instituições que atuam para auxiliar vítimas de violência doméstica.

DEAM – Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher
Engenho Velho de Brotas - End.: Rua Padre Luiz Filgueiras, S/N 
Tel.: (71) 3116-7000
Periperi - End.: Dr. José de Almeida, S/N – Praça do Sol 
Tel.: (71) 3117-8217 (Plantão)

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher- DEAM- Feira de Santana
End.: Av. Maria Quitéria, 841 - Bairro Brasília
Tel.: (75) 3602.9284

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Itabuna
End.: Praça da Bandeira, 01 - Centro - Itabuna - BA
Tel.: (73) 3214.7820/3214.7822

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Ilhéus
End.: Rua Oswaldo Cruz nº 43 - Cidade Nova
Tel.: (73) 3234.5274/3234.5275

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Vitória da Conquista
End.: Rua Humberto de Campos, 205 Bairro Jurema - Vitória da Conquista
Tel.: (77) 3425.8369/3425.4414

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Teixeira de Freitas
End.: Rua Nossa Senhora D'ajuda, s/n -Teixeira de Freitas
Tel.: (73) 3291.1552/3291.1553

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Juazeiro
End.: Rua Canadá, 38 - Bairro Maria Gorette
Tel.: (74)3611.9831/3611.9832

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Porto Seguro
End.: Rua Itagiba, 139- Centro
Tel.: (73) 3288.1037/3288.1037

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Paulo Afonso
End.: Rua Nelson Rodrigues do Nascimento nº 92, Panorama - Paulo Afonso
Tel.:(75) 3692.1437/3282.8039/3692.1437

Delegacia Especial de Atendimento a Mulher - DEAM - Alagoinhas
End.: Rua Severino Vieira nº 702 - Centro- Alagoinhas
Tel.: (75) 3423.4759/8253/3423.3862

CRAM – Centro de Referência de Atendimento à Mulher

Em Salvador e outros 31 municípios da Bahia, mulheres em situação de violência podem procurar o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), que oferece acompanhamento multidisciplinar com orientação jurídica.

Na capital, o CRAM é o Loreta Valadares, que presta serviço gratuito de acolhimento e atendimento à mulher em situação de violência. Lá, é oferecido acompanhamento interdisciplinar: psicológico, social, jurídico e de teleorientação, além do pedagógico para as crianças que acompanham as mães em atendimento.

As unidades fica na Praça Almirante Coelho Neto, nº 1, Barris (em frente à Delegacia do Idoso). O atendimento é feito das 7h às 19h e o telefone de contato é o (71) 3235-4268. Para cidades do interior é preciso acessar a lista e ver onde o serviço atende ou acessar esse link: http://www.mulheres.ba.gov.br/.

Nudem – Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública

O Núcleo de Defesa da Mulher (Nudem) é um serviço que integra a área especializada de Direitos Humanos da Defensoria Pública da Bahia. O Nudem oferece atendimento em situações emergenciais de médio e longo prazo, para fornecer às mulheres o reconhecimento dos seus direitos a uma vida sem violência.

As vítimas podem procurar a sede da Defensoria Pública, que fica no 3º andar do Edifício Multicab Empresarial, na Rua Ulisses Guimarães, Sussuarana. O atendimento é feito das 8h às 18h e o telefone de contato é o (71) 3117-6979. Além disso, a Defensoria também atende pelo Disk 129.


g1bahia

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas