A "FAMÍLIA" @ Petista, irmão de Dias Toffoli é condenado por improbidade administrativa - Observador Independente

BAHIA

13 de agosto de 2018

A "FAMÍLIA" @ Petista, irmão de Dias Toffoli é condenado por improbidade administrativa

Para o magistrado, ficou demonstrado que em 2012, nos últimos 180 dias do mandato de Ticiano, houve aumento de despesas de pessoal equivalente a 5,46% // Foto : Divulgação





Ex-prefeito de Marília, em São Paulo, Ticiano Dias Toffoli (PT) foi condenado por improbidade administrativa pelo juiz Walmir Idalêncio dos Santos Cruz, da Vara da Fazenda Pública da cidade. 

Para o magistrado, ficou demonstrado que em 2012, nos últimos 180 dias do mandato do petista, houve um aumento de despesas de pessoal equivalente a 5,46%, o que violaria “o artigo 21, parágrafo único, da Lei de Responsabilidade Fiscal, evidenciando-se que ocorreram contratações de servidores para cargos em comissão”. A despesa de pessoal era de quase R$ 260 milhões em junho e saltou para R$ 291 milhões em dezembro.

De acordo com o site Jota, além do irmão do ministro do STF, foi condenado também Mario Bulgareli (PDT). Sob a gestão de Ticiano, o município de Marília também deixou de recolher ao INSS “as competências novembro, dezembro e do décimo terceiro, tanto da parte patronal quanto do servidor”. O atraso no recolhimento, segundo o magistrado, gerou despesas com juros à prefeitura.

Em 2012, o cargo de prefeito de Marília foi ocupado tanto por Mario Bulgareli, do PDT, de 1º de janeiro até a renúncia, em 5 de março, quanto por Ticiano Dias Toffoli, que ficou no cargo de 6 de março a 31 de dezembro do mesmo ano.


Alexandre Galvão / Metro1

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas