AMARGOSA @ Homem é preso por estuprar duas filhas há mais de 4 anos; suspeito iria fugir para São Paulo - Observador Independente

BAHIA

10 de agosto de 2018

AMARGOSA @ Homem é preso por estuprar duas filhas há mais de 4 anos; suspeito iria fugir para São Paulo

Homem é preso suspeito de estuprar duas filhas há mais de 4 anos na BA 
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)



Garotas têm 14 e 16 anos e moravam com os pais. Polícia não divulgou se havia conivência da mãe das meninas no crime.

Um homem de 61 anos foi preso, nesta sexta-feira (10), na cidade de Amargosa, no recôncavo da Bahia, suspeito de abusar sexualmente de duas filhas adolescentes. De acordo com informações da Polícia Civil, os estupros aconteciam há mais de 4 anos.

Segundo a polícia, as vítimas, uma garota de 14 e outra de 16 anos, eram abusadas desde quando completaram 10 anos. Os estupros ocorriam na casa onde elas moravam com o suspeito e a mãe. A polícia não informou se havia conivência da mulher nos crimes.

A família é da cidade de Santa Inês, a cerca de 37 km de Amargosa. O homem, identificado como José Souza Fontes, fugiu do município após o Conselho Tutelar tomar conhecimento dos abusos e denunciar o caso para a polícia.

Após chegar em Amargosa, o suspeito iria para São Paulo, mas foi impedido pela polícia. O homem teve mandado de prisão preventiva cumprido e, em seguida, foi levado para o sistema prisional, onde está à disposição da Justiça.

g1bahia

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas