CAMAÇARI @ EXTRA ! EXTRA ! # Ministro Marco Aurélio, do STF, manda soltar chefe do “BDM” de Camaçari, “Nicão”; ele é acusado de 18 mortes - Observador Independente

BAHIA

22 de agosto de 2018

CAMAÇARI @ EXTRA ! EXTRA ! # Ministro Marco Aurélio, do STF, manda soltar chefe do “BDM” de Camaçari, “Nicão”; ele é acusado de 18 mortes

Crédito da Foto // Divulgação/Polícia Civil



Claudomiro Santos Rocha Filho, conhecido como “Nicão”, foi libertado do Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (22/8).

O homem é acusado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) de chefiar a ramificação do “Bonde do Maluco” em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, e na Boca do Rio. “Nicão”, preso desde 2016 acusado de tráfico de drogas e homicídios, foi solto por uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio.

O criminoso chegou a integrar o Baralho do Crime da SSP, uma ferramenta lúdica que apresenta os homens mais perigosos da Bahia. O “Bonde do Maluco” é responsável pela comercialização de drogas, prática de homicídios dentre outros crimes. Somente Claudomiro tem o envolvimento confirmado em, pelo menos, 18 assassinatos.

Também em 2016, a namorada de “Nicão”, a advogada Rebeca Cristine Gonçalves dos Santos, foi presa. A Polícia Civil disse na oportunidade que, além de defender judicialmente o traficante, ela atuava na organização. 

Rebeca foi detida quando deixava o Fórum Criminal de Sussurarana, sem esboçar qualquer tipo de resistência. Um mês depois, ela foi para a prisão domiciliar sob alegação de que “a cela não atende à determinação de Sala de Estado Maior”.


aratuonline

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas