CASA NOVA @ BUSCAS DA PF NA PREFEITURA MIRAM ATOS DE 2013 - Observador Independente

BAHIA

21 de agosto de 2018

CASA NOVA @ BUSCAS DA PF NA PREFEITURA MIRAM ATOS DE 2013

Crédito da foto // Genesis Comunicação & Marketing / Divulgação 



Como forma de atender a um mandado de segurança executado pela Polícia Federal, o prefeito de Casa Nova, Wilker Torres, colabora, desde as primeiras horas desta terça-feira, dia 21, com as buscas feitas pela Polícia Federal nas dependências da prefeitura. O alvo são documentos datados de 2013 – primeiro ano da gestão do então prefeito Wilson Cota - relativos ao serviço de transporte escolar. 

A investigação apura supostas fraudes na licitação para operar as mais de 90 linhas que atendem os estudantes da rede municipal de ensino de Casa Nova e que eram controladas por uma única empresa à época. O suposto esquema também levou a apreensão de documentos em outras cidades do norte da Bahia. 

Como forma de colaborar com o trabalho de investigação, o prefeito Wilker Torres determinou aos seus assessores das áreas de administração e finanças que disponibilizem todos os documentos que forem solicitados pela Polícia Federal. 

O prefeito explica ainda que, atualmente, as linhas do transporte escolar, além de licitadas, são descentralizadas. Isso permite que pequenas empresas e até mesmo moradores dos distritos e localidades realizem, desde que comprovem as condições, o deslocamento dos estudantes, gerando renda e garantindo a lisura dos processos de contratação.


Genesis Comunicação & Marketing

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas