ELEIÇÕES 2018 @ Candidatos ao governo da Bahia se enfrentam em primeiro debate televisivo - Observador Independente

BAHIA

16 de agosto de 2018

ELEIÇÕES 2018 @ Candidatos ao governo da Bahia se enfrentam em primeiro debate televisivo

Crédito da foto montagem / BNews     




Os candidatos ao governo do estado se enfrentarão pela primeira vez às 22h desta quinta-feira (16), no debate da TV Bandeirantes. 

A julgar pelo comportamento dos postulantes durante a pré-campanha, o governador Rui Costa (PT) deve adotar um tom ameno e focar nas realizações de sua gestão frente ao cenário de crise econômica nacional. Além disso, o petista deverá destacar os investimentos em saúde e segurança pública – o “calcanhar de Aquiles” de seu governo. 

A expectativa, inclusive, é que os adversários explorem amplamente essas duas questões. Nesta terça-feira (14), José Ronaldo (DEM) reuniu-se com sua equipe de marketing para se preparar para o embate. “Foi uma preparação normal, de rotina. Essas questões vão depender de como vai acontecer o debate. Vou falar para a Bahia”, disse o democrata ao BNews, na manhã desta quarta-feira (15).

O ex-ministro João Santana (MDB) não deve poupar críticas aos dois principais adversários, colocando-se como uma espécie de alternativa à polarização. “Há 35 anos, quem manda aqui na Bahia é o carlismo e o petismo, e está tudo na mesma m****. Os índices são terríveis em todas as áreas”, bradou o emedebista na última semana, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia. Se eleito, ele promete atacar o desemprego no estado.

A disputa também conta com as candidaturas de Marcos Mendes (PSOL), do ex-prefeito João Henrique (PRTB) e da ex-vice-prefeita Célia Sacramento (Rede). O PCO registrou, nesta quarta, a candidatura de Orlando Andrade de Jesus, que não deve participar do debate porque o partido não tem representatividade no Congresso.



Guilherme Reis // Bocão News

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas