ELEIÇÕES 2018 @ Maria Quitéria, ex-UPB e ex-FLEM poderá apoiar Osni Cardoso - Observador Independente

BAHIA

22 de agosto de 2018

ELEIÇÕES 2018 @ Maria Quitéria, ex-UPB e ex-FLEM poderá apoiar Osni Cardoso

Da direita: Rui Costa (PT) // Osni Cardoso (PT) - Jaques Wagner (PT) Maria Quitéria




Já é dada como certo o apoio de Maria Quitéria, ex-UPB e ex-FLEM, à candidatura de Osni Cardoso (PT), que disputará uma vaga à Câmara Federal, pelo PT baiano. 

Pupila de Jaques Wagner, um dos caciques do PT baiano, e candidato ao Senado Federal pela coligação encabeçada pelo atual governador Rui Costa (PT), Maria Quitéria supostamente está impedida de disputar a eleição por só ter deixado a Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) no último dia 3. Fora do prazo de desincompatibilização, portanto. 

Sem querer correr riscos de perder uma cadeira na Câmara Federal, comenta-se nos bastidores da ALBA que Wagner convocou a “cumpanheira” para uma conversa e bateu o martelo. A jovem terá a missão de transferir votos para um outro petista no interior do Estado. 

Apesar que se sabe, Quitéria está tecnicamente descartada. Mas pela lógica cabem dezenas de recursos até última instância, e não há nada em definitivo, apesar de que no cenário político todas as possibilidades são levadas em conta. 

A questão é o risco que o PT correria apostando todas as fichas na jovem aprendiz de político. Pela legislação eleitoral, dirigentes de organizações bancadas pelo governo devem se afastar do cargo seis meses antes da eleição. Deve pagar o preço. 

Como as eleições estão ai e todos os recursos devem estar julgados com antecedência, inclusive pelo TSE-Tribunal Superior Eleitoral, impedindo ou liberando candidatos para registro, a situação de Maria Quitéria, entretanto, é confortável. 

Ligada diretamente ao ex-governador Jaques Wagner, Quitéria que deixou o PSB-Partido Socialista Brasileiro por orientação do ex-governador e “acordo” com Lídice da Mata, certamente não vai ficar de fora das eleições 2018. 

A ex-presidente da UPB-União das Prefeituras da Bahia e ex-FLEM, estará em boas mãos apoiando o candidato a deputado estadual Osni Cardoso (PT), que depois de oito anos governando Serrinha, primeiro foi cogitado para uma possível disputa de uma cadeira na Câmara Federal, mas agora os caciques petistas na Bahia definiram que a disputa será por uma cadeira na ALBA.

Neste contexto, fiel ao grupo de Wagner e sem poder concorrer, Quitéria obviamente irá obedecer ao comando partidário, e, espera-se, tenha aprendido as lições da vida em não querer ir como se diz no sertão “com muita $sede ao pote”, em tempo de Lula preso. 

No caso do três vezes prefeito de Camaçari e deputado Federal Luiz Caetano (PT) a definição será em outro sentido. Ele cogitou o apoio à dama da UPB inicialmente, considerando a possibilidade do parlamentar não conseguir uma liminar que garanta a sua inscrição para o novo pleito.


Do outro lado, o PT deu marcha à ré na pretensão da jovem candidata, já escaldado com a saraivada de escândalos com os quais tem de lidar diariamente produzidos pelos próprios militantes, e acredita-se, pelo início de escândalo promovido pelo ex-namorado da jovem liderança no começo do mês de julho.

Mas, com estreita ligação com Jaques Wagner que nunca a abandonou mesmo quando foi acusada de desvio de recursos públicos quando prefeita de Cardeal da Silva, a moça estará em boas mãos aconteça o que acontecer, qual seja, concorrendo ou apoiando, a diferença será nenhuma. 

Muito jovem, é só uma questão de espera por 2020 e/ou 2022.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas