ELEIÇÕES 2018 @ PP quer definir cota para candidatos a vice, afirma Leão - Observador Independente

BAHIA

13 de agosto de 2018

ELEIÇÕES 2018 @ PP quer definir cota para candidatos a vice, afirma Leão

Por: Vagner Souza Por: Juliana Nobre e Guilherme Reis // Bocão News     




Após reunião da executiva nacional do PP, candidato a vice-governador da Bahia, João Leão afirmou que a legenda quer definir uma cota do fundo partidário para os candidatos e vice-governadores. O percentual ainda não foi definido.

Em conversa com o site BNews, na manhã desta segunda-feira (13), Leão apontou que a sigla vai definir as cotas para ajudar os candidatos a deputados federais e estaduais.
Isso já está definido. 30% vão para as mulheres. E vamos tirar do percentual de cada parlamentar os 30% para as mulheres. Cada um tem uma cota e vamos estudar porque queremos uma cota para os vices e vamos definir o percentual para ajudar os candidatos a deputados federais e estaduais e os vices do partido, 
disse Leão. 

O vice-governador acompanha a comitiva do governador Rui Costa no registro das candidaturas do grupo, na manhã de hoje. 

Leão reafirmou que o partido decidiu apoiar a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República, mas que os diretórios estaduais terão autonomia para decidirem o apoio. Na Bahia, Lula é candidato.
Combinamos que o partido segue uma linha, mas que cada estado tenha a sua posição. Aqui no estado, nós reunimos todos os deputados federais e estaduais e prefeitos e decidimos que nós vamos seguir a linha de Lula. Registrando a chapa do ex-presidente Lula, entramos de cabeça junto com ele. Estamos nós, o presidente do partido nacional, Ciro Nogueira, e vamos juntos com Lula. Nós temos uma grande companheira, que é a candidata a vice-presidente de Alckmin. Vamos fazer uma campanha light, 
reforçou.

Bahia e Piauí vão apoiar o ex-presidente Lula.



bocãonews
AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Paginas