ELEIÇÕES 2018 @ TRE-BA rejeita denúncia do DEM contra caravana de Rui Costa - Observador Independente

BAHIA

5 de agosto de 2018

ELEIÇÕES 2018 @ TRE-BA rejeita denúncia do DEM contra caravana de Rui Costa

Crédito da foto / Carlos Casaes/Divulgação 





O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) indeferiu um pedido de liminar para punir o governador Rui Costa (PT) por suposta propaganda eleitoral antecipada. A representação foi movida pelo Democratas contra o candidato à reeleição por entender que houve propaganda eleitoral irregular na utilização de ônibus plotados na caravana em que o petista esteve percorrendo o estado na elaboração do Programa de Governo Participativo (PGP).

Na representação, o DEM argumentou que a utilização do veículo completamente adesivado com alusão ao referido programa causa efeito outdoor, o que seria proibido pela legislação eleitoral. "A propaganda eleitoral irregular fica evidenciada na medida em que os pré-candidatos não utilizam os ônibus como meio de transporte tendo em vista que se deslocam de avião até as cidades onde o evento ocorre", dizia um trecho da peça jurídica.

No entanto, a juíza eleitoral e relatora do caso no TRE-BA, Gardênia Pereira Duarte, entendeu que não havia prática de propaganda eleitoral antecipada. "Registre-se que as reuniões para elaboração de programas de governo encontram-se autorizadas pelo art. 36-A, II[1], da Lei 9.504/97, o que não configura propaganda eleitoral antecipada. Com efeito, embora a plotagem dos ônibus seja inequívoca, tem-se que não há referência alguma aos nomes dos pré-candidatos, à insígnia ou número da agremiação partidária ou às eleições que se aproximam, das quais se poderiam extrair o propósito de influenciar os eleitores que avistem os veículos", explicou a magistrada.



Aparecido Silva / BocãoNews





AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas