Exercícios físicos: identificar o melhor momento para fazer potencializa os benefícios - Observador Independente

BAHIA

3 de agosto de 2018

Exercícios físicos: identificar o melhor momento para fazer potencializa os benefícios

Horário Malhação / Crédito da foto / Divulgação 





O hábito de realizar exercícios, colocado em definitivo na rotina das pessoas, não é tarefa fácil! São muitas as variáveis que podem ter influência no engajamento ou evasão e uma delas é o horário que cada pessoa escolhe para treinar. 

É preciso avaliar o melhor momento do dia para cada indivíduo, junto com um profissional, para que a saúde seja beneficiada e não existam brechas nem desculpas para faltar. “Pode-se relacionar o ritmo circadiano, conhecido popularmente como relógio biológico - a forma como o corpo regula os hormônios, temperatura corporal, ritmo cardíaco e outras funções essenciais. 

Tudo isso influencia o quão alerta, ou sonolento, uma pessoa se sentirá em determinados momentos do dia. Portanto essa é uma escolha individual”, explica Guilherme Reis, coordenador geral da rede Alpha Fitness.

Ter um horário fixo facilita a manutenção da rotina de atividades físicas. Há casos em que se exercitar logo cedo ajuda a reduzir as desculpas, existem pessoas que trabalham o dia todo, então a solução é sair imediatamente do trabalho e ir para academia, sem passar em casa. 

A maioria das pessoas, por uma questão de logística, tende a separar uma parte da manhã ou da noite para fazer seus exercícios físicos. Do ponto de vista fisiológico, no período da manhã, a testosterona – hormônio muito importante no crescimento e manutenção da massa muscular – atinge seu auge no organismo. A acuidade mental também é melhor pela manhã, assim como a memória. 

Pela tarde, apesar da famosa preguiça pós-almoço, no fim do turno, a adrenalina tende a aumentar, deixando o corpo mais “desperto” e resistente à dor.

Com a chegada da noite, a coordenação, resistência e temperatura corporal são ideais. No entanto, a concentração tende a diminuir gradualmente e a partir das 21 horas, o corpo começa a produzir melatonina, substância responsável pelo sono. 

“Escolher qual destes horários é o mais indicado para praticar esportes, vai depender do estilo de vida e da rotina de cada pessoa. Mas a escolha bem feita, vai melhorar o prazer e aumentar os resultados”, complementa Guilherme.



Cris
Pipa Comunicação

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas