IBIRAPITANGA @ Suspeito foragido da Justiça morre após confronto com a PM - Observador Independente

BAHIA

15 de agosto de 2018

IBIRAPITANGA @ Suspeito foragido da Justiça morre após confronto com a PM

Crédito da Foto: Divulgação/SSP-BA       



Joabson Morais dos Santos, apontado como líder de uma quadrilha, morreu após confronto com policiais militares na noite de terça-feira (14/8) na cidade de Ibirapitanga, a 240 quilômetros de Salvador. Ele estava foragido da Justiça e com mandado de prisão em aberto.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), uma operação conjunta com equipes do Comando de Policiamento Especializado (Cipe/Cacaueira) e da 61ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Ubaitaba) foi montada para capturar Joabson. Com informação de que ele estaria escondido no distrito de Itamaraty, os agentes iniciaram varreduras para encontrá-lo.

Na localidade da Igrejinha, ‘Joabe’, como era conhecido, e mais três suspeitos reagiram à abordagem atirando. Após troca de tiros, ele foi atingido e não resistiu. Os outros três comparsas conseguiram fugir dos militares.

‘Joabe’ era apontado como líder de uma quadrilha com atuação nos municípios de Igrapiúna e Camamu, praticando tráfico de drogas, homicídios, extorsões e roubos. Com ele foram apreendidos um revólver calibre 38, munições e um tablete de maconha prensada.

AVISO LEGAL

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Observador Independente.

É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros.

O Observador Independente pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso, conforme regra estipulada em sua Política de Privacidade.

VOCÊ e mais 12 mil pessoas estão recebendo está matéria via whatsapp por que tem algum contato com umas das nossas três redações. Se não quiser mais receber os alertas, por favor, nos informe.

Paginas